Politica

Postado em 30/09/2016 10:11

Tirar ‘selfie’ na hora da votação pode custar até R$ 15 mil de multa

Multa aplicada para quem for flagrado pode variar de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

Share Button
Share Button

Quem é viciado em um click e gosta de registrar todos os momentos nas redes sociais, como Snapchat, Facebook e Instagram, deve deixar o celular em casa na hora da votação, que acontece no próximo domingo (02). Aquele que for flagrado fazendo “selfies” pode ser autuado e pagar multa que vai de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

“Isso visa que se dê a garantia ao voto, ao sigilo do voto, para que o voto seja feito de forma consciente, de forma individual, de forma livre, então justamente para isso que a lei proíbe qualquer forma de filmar”, explica o juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho, ao G1.

Ainda de acordo com Marcelo, a orientação é para que as pessoas entreguem os aparelhos eletrônicos para o mesário no momento de se dirigir à cabine. “A pessoa que estiver com telefone celular vai ter que deixar com o mesário. Quem estiver com câmera, com máquina fotográfica, vai ter que deixar com o mesário no momento da votação”, detalhou o juiz.

Quem tentar enganar o mesário e fazer uma foto escondido e publicá-la, também pode ser punido. “Se houver denúncia pode ser analisado isso, e pode ser aplicado uma multa mesmo posteriormente”, afirma.

Para realizar a votação no domingo, Marcelo explica que é necessário apenas apresentar um documento de identificação com foto. “Pode ser carteira de identidade, carteira de trabalho, habilitação, passaporte, qualquer documento oficial com foto”, orienta.

BUSCAR NO SITE: