Notícias

Postado em 09/01/2016 10:03

Terminal de integração do Acesso Norte será inaugurado na 2ª

.

Share Button
Share Button

A entrega à população do Terminal de Integração de Passageiros Acesso Norte, equipamento do sistema de metrô da capital baiana, está programada para acontecer nesta segunda-feira, 11, às 9h, em solenidade com a presença do governador Rui Costa.

Construído e administrado pela CCR Metrô Bahia, o novo terminal está localizado próximo à rótula do Abacaxi, com cerca de cinco mil m² de área construída e capacidade para receber 70 mil usuários por dia.

O novo terminal receberá, inicialmente, quatro linhas de ônibus metropolitanas (Mata de S. João-Lapa, Nova Dias D’Ávila-Lapa, Madre de Deus-Lapa e Candeias-Lapa) e três urbanas (Vale dos Rios- Stiep-Lapa, Nossa Senhora do Resgate-Lapa e Pernambués-Lapa).

Em um primeiro momento, as linhas metropolitanas não têm integração tarifária com o metrô, mas os passageiros que usarem as linhas urbanas pagarão apenas uma tarifa. O terminal de ônibus funcionará de segunda a sexta-feira, das 5h30 às 22h e aos sábados, das 5h30 às 14h30. Gradualmente, o horário será ampliado, conforme  a operação do metrô.

O equipamento liga-se  à Estação Acesso Norte linha 1 e à futura Estação Acesso Norte linha 2 do metrô, através de uma passarela de interligação que será acessada por rampa, escada fixa e escada rolante.

Para atender  usuários, o terminal conta com 30 colaboradores diretos e terceirizados e 24 câmeras de monitoramento, interligadas ao Centro de Controle Operacional da CCR  Metrô. A arquitetura do terminal privilegia a luz natural e a utilização de lâmpadas LED, com rota tátil para  deficientes visuais, sanitários acessíveis e sala de primeiros socorros.

A obra durou oito meses e contou com 450 operários diretos, indiretos e terceirizados, atuando em dois turnos de trabalho.

Subterrâneo

Também nesta segunda, o governador Rui Costa visitará a nova passagem subterrânea para pedestres, localizada entre a avenida Barros Reis e o bairro do Cabula, na rua Christiano Buys.

A via, com 150 metros, foi pensada para dar segurança, acessibilidade e conforto aos pedestres, contando com rampas de acesso, piso tátil para deficientes, iluminação, espelhos convexos e seis câmeras de monitoramento, também interligadas ao Centro de Controle Operacional da CCR.

Foram feitas relocações, limpeza e adequações da tubulação de água, de esgoto, nas  redes de telecomunicações e de alta tensão. Devido aos constantes alagamentos que ocorriam no túnel, foram realizadas obras de drenagem da água da chuva. A passagem foi revitalizada com grafitagem, feita por artistas da capital.

Galeria de Fotos

BUSCAR NO SITE: