Notícias

Postado em 04/07/2016 5:31

Taxista que agrediu cantora no Rio Vermelho é preso

Polícia chegou até o endereço do taxista através da dona do alvará.

Share Button
Share Button

O taxista Antônio Ricardo Rodrigues Luz, acusado de agredir a cantora Aiace Félix, foi preso no início da tarde desta segunda-feira (4). Ele foi detido em casa, na Rua Alto do Gantois, na Federação, por volta das 13h.

A polícia chegou até o endereço do taxista através da dona do alvará. Ele também pode perder a autorização para trabalhar com táxi.

Também nesta segunda-feira (4), a Secretaria Municipal da Mobilidade (Semob) abriu um processo administrativo contra Antônio Ricardo, que trabalhava como motorista auxiliar.

O processo também inclui a dono do alvará – que, por sua vez, pode perder a licença do veículo.

Entenda o caso

A cantora Aiace Félix, vocalista da banda Sertanilla, que foi denunciou, através de um post no Facebook, ter sido agredida por um taxista durante a madrugada deste último domingo (3), prestou depoimento para a polícia sobre o caso na manhã desta segunda-feira (4). Após este depoimento, prestado na 7ª Delegacia, localizado no bairro do Rio Vermelho, foi possível identificar a pessoa que a agrediu.

O nome apontado pela polícia é de Antônio Ricardo Rodrigues Luz. Ele já foi intimado para depor. Aiace alega que foi agredida pelo taxista após deixar a boate Commons, onde ela se apresentou. A cantora relatou que a agressão aconteceu porque ela defendeu a irmã do assédio de Antônio Ricardo.

“Nessa madrugada, saindo da Commons, eu fui agredida com 3 socos no rosto por um motorista de Taxi. Estávamos eu, minha irmã e uma amiga andando em direção ao Largo da Mariquita por volta das 05h:30 quando esse motorista, que estava parado na fila de Taxi em frente a casa, assediou minha irmã. Quando fui pedir por respeito, embora seja óbvio que ele é meu por direito, o taxista se sentiu incomodado por eu tê-lo confrontado e me respondeu de forma bem agressiva reiterando o assédio. Eu segui andando com as meninas quando ele deu uma ré super brusca tentando atropelar a mim e as meninas. Um rapaz que passava na hora me puxou e evitou que algo mais grave acontecesse. Não satisfeito, o taxista saiu do carro, veio na minha direção e me deu 3 socos no rosto, atingindo meu olho direito, minha boca e o ombro/pescoço. Como resultado, ganhei uma lesão na córnea e alguns hematomas pelo corpo.”, disse Aiace Félix em sua conta no Facebook.

Anunciantes Premium!


Raiprint
Ilha Amarela
12 Visitas

Na Tanga Motos
Rio Sena
26 Visitas

JE Sinalização de Trânsito
Periperi
12 Visitas

Bahia Máquinas
Garibaldi
13 Visitas

Móveis Bom
Praia Grande
10 Visitas

Coloque o seu Anúncio aqui!

BUSCAR NO SITE: