Notícias

Postado em 03/09/2016 1:12

Suspeito de matar jovem em Itapuã asfixiou vítima em briga por ciúme

Homem se apresentou à polícia e foi ouvido nesta sexta-feira (2). Ele teve a prisão preventiva foi encaminhado para o presídio..

Share Button
Share Button

O namorado da técnica de enfermagem Jeiza  de Jesus Andrade, 27 anos, encontrada morta dentro de casa, no bairro de Itapuã, em Salvador, disse à polícia, em depoimento prestado nesta sexta-feira (2), que matou a vítima durante uma briga por conta de ciúme da jovem. O crime ocorreu na sexta-feira (26).

Conforme a polícia, Marco Aurélio da Conceição Machado, que tem 24 anos e é eletromecânico, disse que, durante a discussão, foi agredido pela namorada e acabou asfixiando a vítima, na tentativa de conter a jovem.

Ainda de acordo com a polícia, Marco disse que as brigas do casal por ciúme eram constantes. Eles tinham um relacionamento de cerca de um ano.

A polícia informou que o suspeito disse que, após o crime, tinha a intenção de contar à família da jovem o que aconteceu e , por isso, levou o celular da vítima ao deixar a casa dela. Ele contou que não teve coragem de entrar em contato com os familiares da namorada.

Marco se apresentou à polícia na quinta-feira (1º), na companhia de um advogado. Ele teve a prisão preventiva decretada no domingo (28) e foi encaminhado ao presídio. Conforme a polícia, o eletromecânico deve ser indiciado por feminicídio e pode pegar de 12 a 30 anos de prisão.

Caso
Segundo a polícia, o corpo de Jeiza foi localizado por policiais militares após denúncias de vizinhos, no domingo. A vítima apresentava sinais de agressão e asfixia.

De acordo com a polícia, o namorado da vítima se tornou o proncipal suspeito do crime por ter sido a última pessoa a ser vista por vizinhos deixando a casa da jovem, dois antes do corpo dela ser localizado.

BUSCAR NO SITE: