Notícias

Postado em 25/05/2016 1:49

Suspeito de estupro é morto e tem pedaço de estaca introduzido no ânus

.

Share Button
Share Button

A pequena cidade de Jussari registrou um bárbaro crime praticado contra o ex-detento Irani Santos Almeida, 32 anos. A vítima foi morta a pauladas e ainda teve um pedaço de estaca introduzido no ânus. O autor confesso do crime, José Augusto Simões dos Santos, 37anos, mais conhecido como “Tio Correia”, já está preso. Ele disse que o motivo do crime teria sido uma discussão ocorrida há oito dias. “Ele disse que ia me matar, depois matava minha irmã, por isso matei ele primeiro”, justifica. O homicida ainda revelou ter levado Irani para uma emboscada para beber cachaça, e que “depois de muita bebida ele disse de novo que ia me matar foi quando peguei o pau e fiz isso aí”, argumenta. Irani Almeida tinha passagens pela polícia por estupro a uma criança de 4 anos, há 11 meses, período em que ficou preso na cadeia pública de Buerarema. A vítima foi liberada da prisão há 11 dias através de um alvará de soltura durante um mutirão da justiça.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Desova

Corpo de Gabriel Trindade, morador do Rio Sena, é encontrado em Simões Filho

Segundo o Centro Integrado de Comunicação das Polícias (Cicom), 03 corpos foram encontrados na Vi...

Justiça

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

O juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta terça-feira (...

Educação

Estudantes do Colégio Estadual Duque de Caxias protagonizam projeto sobre a reu

Um dos maiores problemas ambientais de âmbito mundial, os resíduos sólidos – sejam escolares, d...

Ilha Amarela

Corpo de um homem com sinais de tortura é encontrado na Ilha Amarela

O corpo de um homem que não teve a identidade revelada pela policia foi encontrado na manhã desta ...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: