BUSCAR NO SITE:

Politica

Suíca e Kannário repudiam agressões contra vereadora e militantes do PT

Marta Rodrigues participava de um ato político no Imbuí no último sábado, quando o grupo foi agredido.

Postado em 05/06/2018 10:02 - Atualizado em: 05/06/2018 10:02
Share Button

Os vereadores Luiz Carlos Suíca (PT) e Igor Kannário (PHS) repudiaram as agressões sofridas pela vereadora Marta Rodrigues (PT) e por militantes de esquerda durante ato pró-Lula na capital no último sábado (2), no Imbuí. Para Suíca, líder do Partido dos Trabalhadores na Casa, a violência mostra o nível de intolerância a que se chegou no país.

“Estamos vivendo tempos difíceis, em que a escolha individual e os direitos fundamentais estão sendo ameaçados. Não podemos aceitar que um protesto pacífico se transforme em baderna por conta de intolerância, ódio ou falta de conhecimento de alguns”, destacou o parlamentar.

Igor Kannário também recebeu com indignação a notícia das agressões físicas e morais e se solidarizou com a colega. “Não quero saber a cor da camisa. Quero que seja garantido o direito de qualquer pessoa se manifestar. A vereadora, como cidadã, estava exercendo o seu direito, como em qualquer democracia. Por isso, recebe vassouradas e socos? Nada justifica”, disse o vereador.

Para Kannário, é preciso garantir o direito de manifestação em um Estado Democrático de Direito. “Aprendo diariamente com Marta Rodrigues e conheço sua conduta e postura. Minha solidariedade a essa guerreira. Continuaremos sempre a favor do direito a manifestação e em defesa da democracia”, afirmou o parlamentar.

Agressão

Segundo o vereador Suíca, uma frente liderada por representantes do PT em Salvador organizou um ato político, no bairro do Imbuí, contra a prisão do ex-presidente Lula. O protesto reuniu também artistas de rua e a programação incluiu música, panfletagem e diálogo com transeuntes até que um homem, que se identificou como ex-policial, proferiu ofensas contra os manifestantes. Denunciado à Central de Flagrantes, o agressor foi detido. “É preciso sempre denunciar a intolerância e a violência para que atos como esse sejam punidos e sirvam de exemplo”, completou Suíca.

Para o vereador, o que foi presenciado em Salvador neste final de semana “reflete o que o país vive desde que setores da sociedade iniciaram o processo de ataque contra o Partido dos Trabalhadores e suas lideranças”. O líder do PT pontuou ainda que a situação é preocupante e que é preciso garantir os direitos individuais e coletivos no país.

“Estamos vivendo um período em que o ódio domina as decisões judiciais, editoriais, políticas, morais e até familiares. Não podemos aceitar que uma sociedade seja dividida e classes ou setores descontentes com o rumo do país tentem prevalecer em cima do suor e dos direitos dos trabalhadores”, concluiu o vereador.

Outras Notícias

Anunciantes Premium!


Coloque o seu Anúncio aqui!

BUSCAR NO SITE: