Notícias

Postado em 30/08/2016 9:59

STF absolve Jean Wyllys em processo movido por Eduardo Cunha

Deputado chamou o então presidente da Câmara de “ladrão, conspirador e apoiado por torturadores”.

Share Button
Share Button

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou uma queixa-crime apresentada pelo deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) contra o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ). A decisão, unânime, foi tomada na sessão desta terça-feira (30).

Cunha queria que o colega respondesse por crime contra a honra porque, na votação da abertura do processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff, Jean chamou o então presidente da Câmara de “ladrão, conspirador e apoiado por torturadores”.

O ministro Gilmar Mendes, relator do caso, lembrou que eventual excesso de linguagem pode até configurar, em tese, quebra de decoro, mas que ensejaria o controle político a ser realizado pela própria Casa Legislativa.

BUSCAR NO SITE: