Notícias

Postado em 02/12/2015 7:06

Sepultado corpo de vendedora de acarajé atropelada enquanto ia a culto evangélico no bairro de Paripe

.

Share Button
Share Button

O corpo da vendedora de acarajé Helenilva Lima da Silva, 58 anos, que morreu atropelada na manhã deste domingo (29) na Avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana, enquanto ia a um culto evangélico no bairro de Paripe, foi enterrado na tarde desta segunda-feira (30) no Cemitério Municipal de Plataforma. A dona de casa estava acompanhada do marido, o motorista aposentado José Nilson da Silva, 55, que também se feriu no acidente provocado pelo eletricista Paulo Roberto Pinheiro Conceição, 52, que admitiu ter ingerido, horas antes, bebida alcoólica.

Durante o enterro, que aconteceu por volta das 15h30, vizinhos, amigos e familiares entoaram cânticos evangélicos em homenagem a Dona Nilda, como a vítima era chamada pelos mais próximos. Paulo Roberto Lima da Silva, 35, chorou bastante durante o enterro da mãe, com quem morava, e lembrou do seu aniversário, que seria comemorado na próxima quarta-feira (2).

Galeria de Fotos

BUSCAR NO SITE: