Politica

Postado em 02/06/2016 8:23

Senado aprova projeto com pena de até 30 anos por estupro coletivo

.

Share Button
Share Button

Depois de dois casos de violência sexual no país, nesta terça-feira (31), os senadores aprovaram matéria de autoria da senadora Vanessa Graziottin (PCdoB-AM) que tipifica o estupro coletivo e aumenta a pena para esse tipo de crime de um a dois terços. Atualmente, o crime de estupro praticado por uma pessoa tem pena prevista de 6 a 10 anos de prisão. Nos casos de estupro de vulnerável, quando o crime é praticado contra uma criança, por exemplo, a pena prevista é de até 15 anos. Pela proposta aprovada, caso o crime seja cometido por duas ou mais pessoas, a pena poderia chegar a 25 anos. Há ainda a possibilidade de a pena ser aumentada caso a vítima do estupro morra, quando a punição deve ir para 30 anos.

Uma emenda da relatora Simone Tebet (PMDB-MS) também criminaliza a publicação, a divulgação ou a distribuição de cena de estupro por qualquer meio através da internet, com pena de dois a cinco anos de reclusão. O dispositivo não consta no Código Penal, apenas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O projeto do Senado segue para apreciação na Câmara. Depois, terá que ser aprovado por sanção presidencial.

Nesta terça, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu acelerar a tramitação da matéria e propôs a apresentação de um requerimento assinado pelos líderes para que a votação fosse levada diretamente ao plenário. Segundo ele, a proposta “é uma resposta do Senado à sociedade” após o crime no Rio. “Temos que a reprovabilidade da conduta nos estupros perpetrados por diversas pessoas, na mesma ocasião, é mais elevada que nos demais crimes contra a dignidade sexual, pois a pluralidade de agentes importa, além da covardia explícita e da compaixão inexistente, em ainda mais sofrimento físico e moral, medo e humilhação para a vítima”, declarou Simone Tebet.

Publicado originalmente 6h39

Outras Notícias:

Periperi

Periperi ganha nova escola no aniversário de Salvador

    Como parte das comemorações ao aniversário de 468 da cidade de Salvador, ...

Politica

BUZU Social é sugerido por Palhinha à Prefeitura Municipal

O Vereador Palhinha apresentou na Câmara Municipal de Salvador o Projeto de Indicação 259/2017, q...

Politica

Palhinha defende aumento de vagas em cemitérios municipais

  Com o objetivo de expandir a oferta de vagas nos cemitérios municipais de Salvador, o...

Politica

Audiência Pública discute relação entre violência urbana e falta de vagas n

O aumento do número de mortes violentas na região metropolitana de Salvador é alarmante esse prob...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: