Notícias

Postado em 30/11/2015 11:15

Revitalização do Sistema de Trens do Subúrbio

.

Share Button
Share Button

Três projetos de indicação do vereador Hilton Coelho (PSOL) foram aprovados na tarde de quarta-feira (25). Todas as propostas estão relacionadas a melhorias do Sistema de Trens do Subúrbio.
A primeira proposta indica ao governador Rui Costa a preservação da bitola métrica atualmente em uso pelos trens, adotando a bitola mista, permitindo a utilização dos atuais trens de passageiros e do futuro Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). “Os trens do Subúrbio são importantes meios de transporte para a cidade de Salvador, sendo utilizados por 18 mil passageiros diariamente.
Considerando que a proposta do governo estadual para o sistema de trens prevê a substituição pelo VLT, com a alteração da bitola (distância horizontal entre os trilhos) métrica, atualmente utilizadas nos trens, por outro tipo de bitola específica para os futuros VLT, o que significaria a perda de todo o investimento milionário realizado recentemente no sistema e inviabilizaria a expansão para a região metropolitana de Salvador, onde já tem os trilhos na bitola citada”, detalha o legislador.
Outra indicação aprovada diz respeito ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), solicitando ao governo estadual que preserve o funcionamento do Sistema de Trens do Subúrbio enquanto realiza as obras para instalação do VLT. “O governo estadual pretende realizar a substituição dos trens pelo VLT, com realização de obras ao custo de R$ 1,1 bilhão de reais, previstas para se iniciar ainda este ano e finalizar apenas em 2017, com interrupção do Sistema de Trens do Subúrbio”, disse.
Ele lembra que a população do Subúrbio Ferroviário encontra grande dificuldade de mobilidade urbana, tendo em vista o terrível engarrafamento na região da Calçada e Avenida Suburbana, enfrentado todos os dias por aqueles que precisam deslocar-se ao centro.
Em relação à melhoria dos trens, terceira indicação aprovada, o vereador pede que se conclua a requalificação dos trens reformados de Salvador, finalizando a montagem e o conserto dos trens já existentes, regularizando o procedimento de manutenção preventiva. “Atualmente apenas dois dos trens fazem o transporte regular de passageiros. Os dois trens restantes não sofreram qualquer tipo de reforma, o que os leva a um estado de precariedade, estando os mesmos enferrujados, lentos e quebrando constantemente. Nada mais correto que se faça a completa recuperação de todos os trens”.

 

BUSCAR NO SITE: