Politica

Postado em 11/11/2015 11:53

Prefeito culpa oposição por travar pauta e admite retirar projeto do ITIV

.

Share Button
Share Button
O prefeito ACM Neto (DEM) jogou para a oposição a culpa do travamento da pauta na Câmara de Vereadores de Salvador. Durante evento na Federação do Comércio da Bahia, o democrata afirmou que precisa de um vereador da oposição para aprovar a matéria que prevê o parcelamento do imposto na compra de imóveis novos.
“Eu posso até tirar o projeto de tramitação. Não fiz ainda na esperança de que a oposição se sensibilize e vote. Se a Câmara não votar, o prejuízo para a prefeitura é zero. Agora, a oposição vai ter que se explicar para a sociedade”, disparou o prefeito, em entrevista ao Bocão News.
Neto lembrou que possui 29 vereadores em sua base de apoio, mas o presidente Paulo Câmara não vota e a matéria precisa de, no mínimo, 29 votos.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Bem Vindo ao Subúrbio Ferroviário

Painel de LED para as entradas do Subúrbio é sugerido em projeto na Câmara Mu

Por meio do projeto de indicação n° 319/2017, o vereador Orlando Palhinha sugeriu ao prefeito ACM...

Politica

Wagner diz que Lula pode se tornar herói se for preso

Jaques Wagner, ex-governador da Bahia e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico da Bahi...

Politica

Lídice da Mata debate mudanças no ICMS para reduzir preço de passagens aérea

Mudanças no percentual do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na aviação...

TSE

TSE pretende controlar influência das igrejas nas eleições

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, afirmou que a Corte eleitoral estu...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: