Bahia

Postado em 05/07/2016 5:31

Pedidos de falência no país crescem 26,5% no 1º semestre

.

Share Button
Share Button

Os pedidos de falência no Brasil aumentaram 26,5% no primeiro semestre ante mesmo período de 2015, informou nesta segunda-feira a Boa Vista SCPC, ilustrando a recessão no país, combinada com juros altos e a inflação elevada.

De janeiro a junho, credores fizeram 1.098 pedidos de falência. Já os pedidos de recuperação judicial, nos quais as empresas pedem proteção contra credores, somaram 1.078 ocorrências, um salto de 113,5 por cento na comparação anual.

Considerados apenas os números de junho, os pedidos de falências aumentaram 22,8% sobre mesmo mês de 2015 e 20,2% ante maio, enquanto os de recuperação judicial avançaram 77,7% na comparação anual e 21,5 por cento ante maio.

“O crescimento das falências no primeiro semestre de 2016 é bem mais significativo do observado no primeiro semestre de 2015, quando os pedidos acumulavam alta de 9,2 por cento”, afirmou a Boa Vista SCPC no relatório.

O setor de serviços respondeu por 40 por cento dos pedidos de falência no primeiro semestre, seguido do setor industrial, com 34 por cento, e do comércio, com 26 por cento.

Fontes: R7.

Outras Notícias:

Educação

Estado promoverá mais de 1300 professores e coordenadores pedagógicos por titu

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, no Diário Oficial do Estado, desta quarta-f...

SERASA

Feirão online é chance de quatro milhões de baianos saírem do vermelho

Com mais  de quatro milhões de consumidores negativados junto ao Serasa, o estado da Bahia é ...

Famosos

Xuxa posta no Instagram foto de luto, mas com os seios à mostra

  Uma semana após a morte do pai,  Luiz Floriano Meneghel,  Xu...

DRFR

Acusado de estuprar 18 garotas de programa em Salvador é preso

Foi preso na noite desta quinta-feira (23), Rafael de Lima Silva, acusado de estuprar 18 prostitutas...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: