Notícias

Postado em 15/10/2015 8:22

Pastor Isidório aciona MP contra faixa de pedestre colorida

.

Share Button
Share Button

O deputado Estadual Pastor Sargento Isidório, atualmente sem partido, entrou com uma ação no Ministério Público do Estado da Bahia contra a pintura de faixas de pedestre de Salvador com as cores do arco-íris, nesta quinta-feira, 15. O deputado alega que “uma minoria não pode se beneficiar do lugar e do dinheiro público para se promover”.

“A ação movida por mim visa somente manter as instituições públicas livres da interferência do que é privado”, afirma Isidório. Ainda, segundo ele, a pintura das faixas com outras cores que não branco vai contra o regulamento do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A idealizadora da ação, Larissa Moraes, esclarece que a ação é completamente legal, segundo as leis de trânsito. Segundo ela, além do estudo de viabilidade feito pelo movimento, a prefeitura e a Transalvador avaliaram e validaram o projeto antes que ele fosse divulgado.

Larissa disse que, para estar dentro da lei, serão coloridas apenas as partes do asfalto entre as partes brancas, mantendo a sinalização normal da faixa.

O Ministério Público da Bahia informou que, como a ação foi aberta nesta quinta, ainda não foi designado um promotor para cuidar do caso e, por isso, não há informações sobre o conteúdo e o andamento do documento.

Prioridades

Para o deputado, existem outras prioridades a serem tratadas pelo governo, entre as quais o combate às drogas, a saúde e a segurança pública. Ainda sobre segurança, o deputado diz que a violência não é exclusiva contra homossexuais, mas um problema nacional.

Já Larissa diz que, apesar de existirem, os direitos dos gays não são respeitados. Por isso, a comunidade LGBT precisa de políticas públicas voltadas para eles, inclusive no que tange à segurança.

Isidório defende ainda que, se alguma minoria necesitasse de prioridade, essa deveria ser direcionada para os negros, que são a maioria da população soteropolitana.

Larissa afirma que a ação não desmerece outras minorias e defende: “É somente uma arte de rua, uma forma leve e criativa de chamar atenção para um assunto sério”. “Vamos desmitificar as críticas negativas com informação”, completa.

Preconceito

Isidório afirma que não que ir contra a bandeira gay por causa dessa ação: “Eu não tenho nada contra homossexuais, inclusive tenho alguns que convivem na minha casa, comigo, minha esposa e meus filhos. Eu não estou agindo como pastor, porque cristãos de varias religiões não aceitam essa ação”.

“Que os homossexuais continuem em paz, longe de toda violência. Como pastor, vou seguir rezando por eles”, finaliza.

A ação

O movimento ‘TireSuaBikedoArmário’ vai pintar com as cores do arco-íris duas faixas de pedestre em frente ao Jardim de Alah, no Costa Azul, uma em cada lado via, na noite do dia 22 de outubro. A ideia é conscientizar a população sobre as causas da população LGBT. No dia 24 de outubro, haverá panfletagem na faixa pintada para tratar do tema.

Confira As Imagens:

Fontes:Jornal Atarde

BUSCAR NO SITE: