BUSCAR NO SITE:

Politica

Orlando Andrade quer aumentar salário mínimo na Bahia para R$ 4 mil

Candidato do PCO também quer construir Conselhos Populares.

Postado em 14/09/2018 20:06 - Atualizado em: 14/09/2018 20:06
Share Button

Aceita um salário mínimo de R$ 4 mil? O valor quase quatro vezes maior ao que vigora hoje no Brasil, de R$ 954, é promessa de Orlando Andrade (PCO) caso se eleja governador da Bahia. O número apontado pelo candidato tem base em uma afirmação do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que afirmou no início do ano o valor de R$ 3.752,65 como ideal para sustentar uma família de quatro pessoas no Brasil.

Trabalhador dos Correios, Orlando Andrade foi o quarto candidato entrevistado pela apresentadora Jéssica Senra na sabatina realizada pelo Bahia Meio Dia, da TV Bahia, nesta quinta-feira (13). Ele quer instituir o que chamou de “Conselhos Populares” em sua gestão para garantir “um governo de toda a classe trabalhadora. Com a classe trabalhadora influenciando e agindo diretamente na construção do governo junto com o todo o partido e o programa que nós defendemos”.

Esses Conselhos Populares serão compostos por “pessoas que trabalham e utilizam” serviços como saúde, educação e segurança na Bahia. Segundo o candidato, o programa de governo elaborado por seu partido é o melhor por ser participativo e garantir que o trabalhador atue na vida política do estado em momentos que vão além da eleição.

Questionado sobre as alternativas encontradas pelo partido para contornar o pouco tempo de divulgação na TV, o candidato afirmou que garante no “trabalho feito nas ruas, com a classe trabalhadora”. Ele aposta, junto a seu partido, em uma militância diária, que inclui jornais impressos e online (do próprio partido), além de participação em manifestações de rua e conversas com a população.

A sexta-feira (14) será o penúltimo dia de entrevistas no programa. O entrevistado será Marcos Mendes (PSOL). As entrevistas encerram no sábado, 15, com participação de Célia Sacramento (Rede Sustentabilidade) e João Santana (MDB). Ambos terão cinco minutos nas entrevistas.

A série acontece até o dia 15 de setembro, com duração de 20 minutos (5 candidatos)  e cinco minutos (2 candidatos). Os critérios referentes ao tempo estabelecido para as entrevistas são baseados no resultado da pesquisa do Ibope, divulgada em 22 de agosto. As entrevistas têm exibição estadual.

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

Outras Notícias

Anunciantes Premium!


Coloque o seu Anúncio aqui!

BUSCAR NO SITE: