Notícias

Postado em 19/04/2016 7:29

Mulher denuncia possível tentativa de sequestro de criança no Shopping Paralela

Vítima não identificada relata o suposto sequestro de seu filho, enquanto passeavam no shopping.

Share Button
Share Button

Depois do Shopping Paralela ter sido assaltado na última sexta-feira (8), por dois bandidos armados, nesta quarta-feira (13), um áudio, gravado por uma mulher e que está circulando pelo WhatsApp, denuncia um suposto crime cometido dentro do centro de compras. Na gravação, ela afirma, aparentemente para uma amiga, que o próprio filho sofreu uma tentativa de sequestro enquanto passeava no local.

A mulher não identificada, alerta: “Gente, gostaria de avisar a vocês que tomem muito cuidado, pois hoje roubaram meu filho no Shopping Paralela. Graças a Deus, por questão de segundos, consegui resgatar ele. Uma mulher pegou meu filho do meu lado, foi uma coisa tão rápida, que cega a gente. Quando olhei cadê meu filho?! Cadê Alexandre, cadê?”, disparou a vítima ainda com voz de desespero.

“Quando olhei, Alexandre [filho da vítima] já estava à quilômetros de distância. A mulher [suposta sequestradora] estava entrando num lugar que eles chamam de toca dos funcionários, onde os clientes não tinham acesso, só que bandido conhece tudo, né?! Então, eu consegui pegar ele de volta. Tomem cuidado gente, porque no Shopping Paralela estão sequestrando crianças, tomem cuidado com os filhos de vocês”, frisou.

Em outro áudio, gravado separadamente, a suposta vítima continua relatando a experiência: “A ficha caiu depois que a mulher desapareceu porque na realidade quando eu resgatei o Alexandre, a impressão que se tem é que a pessoa [possível sequestradora] pegou o menino para procurar a mãe. Depois, vendo toda aquela situação, vi que não era isso, entendeu? Quando peguei meu filho, a única pergunta que fiz a ela foi ‘como você leva a criança e não pergunta ao redor quem é a mãe?1”, questionou.

“Logo depois a mulher desapareceu, e aí o pessoal ficou estarrecido. Ninguém conseguia ter nenhuma atitude naquele momento, aí que percebemos que a mulher era ladrona [sic]. Meu bebê tem dois anos, uma criança nessa idade vai com qualquer pessoa. Foi uma coisa ridícula! Foi próximo a uma tenda que faz surpresinha de aniversário, foi muito rápido, fiquei em estado de choque!”.

O Varela Notícias entrou em contato com a assessoria do Shopping Paralela, que informou que está apurando o caso. Já a assessoria de comunicação da Polícia Civil da Bahia informou que é necessário o nome completo da vítima e se ela registrou queixa para apurar a veracidade do caso.

Com informações do Varela Notícias
Foto: Google

BUSCAR NO SITE: