Notícias

Postado em 05/10/2016 1:01

Motoristas do Uber fazem protesto em ato de repudio

.

Share Button
Share Button
Por volta das 9h desta quarta-feira (5), motoristas do aplicativo Uber em Salvador iniciaram uma concentração em frente ao Hotel Mercure, na Avenida Professor Magalhães Neto, na Pituba em ato de manifestar um repúdio ao ato bárbaro e covarde praticado contra uma agressão sofrida pelo profissional da categoria Ricardo Souza que foi brutamente atacado e espancado no início da tarde desta terça-feira (4) na localidade de Jardim Santo Inácio, em Mata Escura.
Os motoristas pretendem procurar um posicionamento da empresa, no escritório do Uber em Salvador que fica na própria Avenida Magalhães Neto. Os Motoristas que atendem com o aplicativo UBER estão com os veículos estacionados em um local permitido da avenida e, por conta do ordenamento do órgão, a manifestação não está impactando no trânsito da região.  Uma comissão formada por quatro motoristas deve, ainda pela manhã, se reunir com o gerente regional.
Testemunhas relataram que o motorista atendeu um chamado do Uber e acabou sendo sequestrado, espancado e roubado por homens armados. Uma viatura da Polícia Militar atendeu à ocorrência e trocou tiros com suspeitos, mas ninguém foi preso até o momento.

 

Redação: Jéssica Fabris

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Fazenda Coutos

BCS Fazenda Coutos comemora cinco anos com redução de ocorrências

Cinco anos já passaram desde que foi inaugurada a Base Comunitária de Segurança (BCS) de Fazenda ...

Policia

Menor de 13 anos apontado como assassino de policial é morto

Jeferson de Jesus Brito, de 13 anos, foi morto nesta segunda (16) na Rua 8 de dezembro, no bairro do...

Violência

Suspeito de assalto morto por “justiceiro”

Por volta de 8 horas desta segunda (16), um homem foi morto logo após a entrada do Vila Verde, na E...

Policia

Final de Semana Violento! Jovem executado a tiros dentro de casa no Alto do Cruz

Um rapaz conhecido como “Pepinho’ foi assassinado no Alto do Cruzeiro, em Cosme de Farias, na ta...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: