Notícias

Postado em 16/02/2016 3:13

Marinha do Brasil e CCZ reforça combate ao Aedes aegypti em Periperi

.

Share Button
Share Button

O combate ao mosquito Aedes aegypti em todo o Brasil, também ganhou força na Bahia: 6,6 mil militares das Forças Armadas iniciaram a campanha no dia 13 do Dia Nacional de Mobilização contra o Mosquito Aedes Aegypti, em conjunto com agentes de saúde de todo estado e ainda continuam trabalhando.

Em Salvador, a operação contou com o reforço do Ministro da Saúde, Marcelo Castro, do Secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas e do Secretário de Saúde do município, José Antonio Rodrigues Alves.

Desde o início do dia, cerca de dois mil militares foram às ruas, em pontos estratégicos da cidade, como o Mercado Modelo, a rodoviária, o porto e o aeroporto, para conscientizar a população sobre os riscos da proliferação do Aedes aegipty, que transmite a dengue, a chikungunya e o vírus Zika.

“Estamos distribuindo os panfletos para orientar os moradores sobre o risco das doenças, alguns ainda não têm noção da gravidade. No panfleto explica tudo o deve ser feito em casa para manter tudo limpo. As pessoas ainda têm muitas dúvidas sobre isso e nós vamos tirá-las aos poucos”, disse o sargento do Exército, Luca Mendes, um dos dois mil homens das forças armadas a atuar na capital.

Diante do aumento de casos de vírus Zika no mundo e da relação entre o vírus em gestantes e casos de malformação fetal, como a microcefalia, o ministro da Saúde lembrou que uma força-tarefa com pesquisadores internacionais estuda o desenvolvimento de uma vacina contra o zika.

“Esse vírus já circula em 24 países. No próximo dia 18, vamos traçar um plano de trabalho com pesquisadores internacionais, para o desenvolvimento de tratamentos, do controle dos vetores e, principalmente, de vacinas. Então, nós calculamos que, com esse esforço conjunto teremos essa vacina num prazo de três anos. Enquanto isso não vem, nós só temos uma arma: combater o mosquito transmisor dessas doenças”, disse Marcelo Castro.

No bairro de Periperi não foi diferente, a nossa equipe notou vários militares em campanha juntamente com os agentes da CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) visitando cada residência e alertando à população sobre os males do mosquito.

Confira as fotos.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Polêmica

Conselho Tutelar pede a prisão de pai que gravou vídeo ensinando a profissão

Provavelmente você deve ter visto um vídeo que circula na internet nos últimos dias, de um pai en...

Religião

Primeira igreja gay do Brasil chega a Salvador e realiza culto

(Foto: Divulgação)   Celebrando a diversidade, a Igreja Cristã Contemporânea, seguidora...

Educação

Projetos de estudantes da rede estadual surpreendem visitantes da FEBRACE 2017 e

Estudantes da rede estadual participam, até esta sexta-feira (24), da Mostra de Projetos Finalistas...

Pedofilia

Mulher de 38 anos é presa após sexo até 15 vezes com adolescente

Uma mulher casada, de 38 anos, confessou ter feito sexo, entre oito e 15 vezes, com um adolescente d...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE:

CLIQUE NO X PARA FECHAR