Bahia

Postado em 02/08/2016 7:49

Mais de 2,5 mil portadores de varizes crônicas são beneficiados pelo SUS

.

Share Button
Share Button

Mais de 2,5 mil soteropolitanos já realizaram em Salvador, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tratamento contra varizes crônicas através de uma técnica eficaz, pouco invasiva e que ainda permite rápida recuperação: a Escleroterapia Ecoguiada com Espuma. O tratamento gratuito é disponibilizado desde 2013 pelo Hospital São Rafael, através de um convênio firmado com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Os pacientes são triados nos postos de saúde onde já fazem acompanhamento clínico. Os casos que preenchem o perfil para a realização do tratamento são encaminhados ao São Rafael através da Prefeitura, tendo prioridade aqueles que apresentam condição clínica crítica, como úlceras (feridas). A intervenção, que substitui o procedimento cirúrgico convencional e reduz os custos com o tratamento em até 75%, dura poucos minutos e os sintomas desaparecem rapidamente. Para auxiliar na recuperação e maximizar a eficácia do procedimento, o paciente é orientado a usar uma meia de compressão por 60 dias.

“O tratamento é eficaz e de baixo custo. Não é necessária sala operatória, anestesia e internamento. Em vez de retirarmos as varizes cirurgicamente, a inativamos, sem cortes. No ambulatório, injetamos a espuma ecoguiada tratando as varizes e úlceras venosas que são responsáveis pela baixa autoestima da pessoa e até mesmo pelo afastamento do trabalho devido a dores, inchaços, inflamação e diminuição da qualidade de vida. O benefício é o retorno rápido ou imediato às atividades, com um resultado final similar a uma cirurgia”, pontua o médico angiologista Marcelo Liberato, difusor da técnica no Brasil.

Convênio – O convênio entre a Prefeitura e o Hospital São Rafael fez de Salvador a primeira capital brasileira a oferecer o tratamento, beneficiando pacientes do SUS. “Até então os pacientes do sistema público não tinham acesso a este tipo de serviço. É muito comum ver pessoas humildes com ulcerações graves, mas que agora têm acesso a uma tecnologia de ponta permitindo a cura da patologia. Outro benefício significativo é que, com esta técnica, o paciente poderá voltar rapidamente às atividades normais”, comemorou o secretário municipal da Saúde, José Antônio Alves.

Muitos pacientes encaminhados estavam afastados ou aposentados por invalidez. Após algumas semanas de tratamento, retornaram para o convívio social podendo voltar a exercer as suas atividades profissionais com autoestima, confiança e dignidade.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Arte

Obras estudantis são expostas na Assembleia Legislativa e revelam os encantos d

A ambiência sertaneja – conduzida por paisagens, símbolos e tipos sociais – é representada em...

Base Naval de Aratu

Campeonato Baiano de Stand Up Paddle movimenta a praia de Inema

Mais um grande evento de esporte vai integrar a programação do Festival da Cidade 2017, promov...

Caso do Goleiro Bruno

Mãe de Eliza Samudio entra com novo recurso contra soltura de Bruno

      A mãe da ex-modelo Eliza Samudio entrou com um recurso pedindo, n...

Imposto

Brasileiros já pagaram R$ 500 bi em impostos só este ano

      O Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), m...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE:

CLIQUE NO X PARA FECHAR