Notícias

Postado em 01/09/2015 7:18

Jovens têm aulas de piano na Base Comunitária de Segurança do Uruguai

Militar explicou que os objetivos das aulas são ampliar os horizontes musicais e de vida daqueles jovens..

Share Button
Share Button

Música clássica, barroca e bossa nova são ritmos novos para 22 crianças e adolescentes que participam do curso de piano promovido pela Base Comunitária de Segurança (BCS) do Uruguai, em Salvador. Iniciadas há dois meses, as aulas são ministradas no Espaço Cultural Alagados pelo soldado PM Érico Marques de Alcântara, lotado na base.

Formado em música pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), com especialização em piano, o militar explicou que os objetivos das aulas são ampliar os horizontes musicais e de vida daqueles jovens, além de estreitar a aproximação com a comunidade. “Implementei uma metodologia específica para cada aluno, levando em consideração as habilidades individuais”, explicou o soldado Érico, destacando que os gostos musicais são respeitados.

As aulas, aplicadas três vezes por semana, têm uma hora de duração. “Para os iniciantes, começamos com a parte técnica, apresentando o instrumento. Em seguida, partimos para o campo teórico, com leitura de cifras e partituras”, contou Alcântara. O curso não tem previsão de término. “Estaremos aqui à disposição de quem quiser aprender”.

Há três meses no comando da BCS/Uruguai e vindo de experiência exitosa na BCS/Rio Sena, a tenente PM Carla Elis contou que já são sete cursos ministrados – canto, coral, violão, capoeira, muay-thai, reforço escolar e piano. “Efetivamos uma parceria boa com a diretoria da Escola Solange Ortega e temos salas, com o mínimo de estrutura para acolher os jovens e transmitir conhecimento”, explicou Elis

Segundo a tenente, os próprios professores têm percebido uma mudança positiva no comportamento dos alunos que realizam os cursos. Ela informou também que os projetos precisam de instrumentos, fardas, dentre outros itens. “Estamos de portas abertas para parcerias com as iniciativas pública e privada”.

BUSCAR NO SITE: