Notícias

Postado em 26/01/2016 8:37

Integrantes de facção aterrorizam o bairro de Periperi

.

Share Button
Share Button

Em algumas comunidades de Salvador, ouvir falar a sigla BDM é motivo de desespero. Os maloqueiros, como se intitulam os integrantes da facção Bonde do Maluco, vêm impondo o medo e o terror na busca por novos territórios.
Na tarde do último sábado (23), o reciclador Sérgio Marques Brasil, 28, o Neném, foi baleado na porta de casa, na Rua Beira Rio de Cima, na Nova Constituinte – em Periperi -, durante a invasão a um ponto de tráfico de drogas. Ele foi levado ao Hospital do Subúrbio, mas não resistiu.
Na mesma ação, um homem identificado pelo prenome de Jhonatas, o Bolinho, teria sido agredido com coronhadas pelo bando e também foi levado à unidade médica.
Conforme uma moradora da rua, cerca de 20 homens fortemente armados chegaram ao local já atirando. Eles seriam traficantes de drogas do Congo, uma localidade que vive em constante disputa com a Nova Constituinte.
“Meu irmão estava na porta de casa consertando a câmara do pneu do carrinho de mão. Ele não se envolvia com nada, era só usuário de maconha. Era trabalhador”, desabafou uma dona de casa de 25 anos.
Momentos após a invasão, policiais militares da Rondesp Baía de Todos-os-Santos (BTS) foram apurar uma denúncia de troca de tiros na região. No entanto, foram recebidos a tiros e, no revide, balearam e mataram Regerlan da Conceição dos Santos. Ele seria um dos integrantes da BDM e teria atirado em Neném. Com ele, foi encontrado um revólver calibre 38, segundo informação oficial.

Após a invasão, o bando pichou as paredes de algumas casas
‘Morte não ficou impune’
Sem se identificar, outra moradora do bairro disse que, além de Regerlan, mais três homens da facção morreram no confronto com os PMs. A polícia nega essa informação.
Apesar da dor pela perda do irmão, a dona de casa afirmou se sentir confortada porque a justiça foi feita. “Até que enfim, a morte de meu irmão não ficou impune. A polícia matou eles”, analisou, aliviada, a mulher. Sérgio não tinha entrada na polícia.
A reportagem conversou com os moradores por telefone, pois foi orientada pela polícia a não entrar na comunidade. O delegado Nilton Borba, titular da 5ª Delegacia de Periperi, informou que está investigando o caso.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Pedófilia

Padre é filmado beijando garota de 14 anos dentro de igreja católica

Um padre suspeito de abusar sexualmente de uma garota de 14 anos é investigado em Arceburgo (MG). A...

Cruekdade

Recém nascido enterrado vivo só sobreviveu porque um cachorro cavou ao redor d

Lucinda Ferreira Guimarães, 40 anos, deverá ser indiciada por tentativa de homicídio, sob a acusa...

Cidade Baixa

Criança é atropelada em Caminho de Areia

Uma criança foi atropelada na tarde desta quinta-feira (27) na Av. Caminho de Areia, próximo da Ru...

Lobato

Motorista perde controle da direção de carro e invade loja na Av. Suburbana em

Na manhã desta quinta-feira, dia 27/7, um homem ficou ferido após invadir e bater o veículo em u...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: