Bahia

Postado em 20/02/2016 10:29

Homem é morto a tiros quando aguardava o transporte para ir trabalhar em Simões Filho

Ele foi surpreendido por dois homens em uma moto. Jovem trabalhava na Magazine Luiza de Simões Filho..

Share Button
Share Button

Ponto de mototáxi que foi palco do assassinato

A compra de um terreno e o sonho de construir a casa própria fizeram com que o operador de carga e descarga Rafael Oliveira da Conceição, 27, o Rafa, voltasse a morar em Pirajá mesmo sabendo que corria risco de vida. Ele saiu do bairro no final do ano passado após sofrer ameaças de morte de um homem identificado como Smick.
Rafa morreu na manhã desta quinta-feira, 18, no Hospital do Subúrbio, minutos depois de ser baleado várias vezes no tórax e na coxa esquerda, na  Estrada Velha de Campinas, em Pirajá – próximo à Fabrica de cadeados Papaiz.
Ele foi surpreendido por dois homens em uma moto, quando aguardava o transporte para ir trabalhar na Magazine Luiza de Simões Filho, na Região Metropolitana.
A Polícia Civil investiga se o crime foi motivado devido a uma cobrança feita por Rafa a um homem. A vítima emprestou R$ 300 e não teria recebido o valor de volta.

Conforme o boletim de ocorrência, um homem pediu o dinheiro emprestado para recuperar sua moto que estava apreendida. No entanto, na hora de devolver, não o fez e ainda se irritou com as cobranças.

Ainda segundo registro policial, Homens já tentaram matar Rafa no ano passado. Eles atiraram  na cabeça do operador, mas a arma falhou.

Filha de 9 anos

Procurados pela reportagem, os familiares de Rafa não quiseram falar sobre o caso. Eles disseram não saber o que motivou a morte do rapaz, nem se ele estava sendo ameaçado de morte.

Inconformada com o crime, uma parente de Rafa afirmou que ele realmente tinha saído do bairro, mas retornou para construir a casa, onde moraria com a esposa e a filha de 9 anos.

Até a noite, a polícia ainda não havia identificado os suspeitos. O crime é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo do operador será sepultado nesta sexta, 19. A família não informou o horário, nem o local da cerimônia.

Informações do Simões Filho Online.

BUSCAR NO SITE: