Bahia

Postado em 13/07/2016 2:52

Polêmica! Gravação de filme pornô é feita ao ar livre em praia do Rio

Vídeo flagra casal fazendo sexo na areia. Fotos causaram polêmica nas redes sociais.

Share Button
Share Button

O vídeo da gravação de um filme pornô na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, está causando furor nas redes sociais. As imagens, filmadas durante o dia, circulam pelo WhatsApp e Facebook. Internautas diziam que a gravação foi realizada nesta segunda-feira, por volta das 10h da manhã, na altura do posto 10.

No entanto, o dono da produtora responsável pelas gravações, Brad Montana, afirmou que a cena foi filmada na última quinta-feira, por volta das 13h, próximo a Praia da Reserva.

– Ninguém viu. Não havia banhistas na praia e o trecho da rua onde fizemos a gravação estava interditado ao trânsito. Pedimos autorização ao dono do quiosque local e filmamos. Ninguém estava constrangido pela gravação. Quem fez as imagens não estava indignado com a cena, mas se deleitando – disse Brad Montana.

Além do vídeo, circulam fotos de uma mulher, que seria a atriz das imagens. Ela é a atriz pornô e ex-Miss Bumbum Tocantins 2015, Nicolle Bittencourt (Debora Dunhill). A assessoria da atriz informou que ela não vai se pronunciar sobre o ocorrido, mas confirmou que ela é a mulher que aparece nas imagens e que foi convidada somente para gravar esta cena do filme. Ela, inclusive, já retornou à São Paulo. O ator do vídeo foi identificado como Yuri e permanece gravando cenas do filme.

Nas redes sociais, alguns internautas se espantaram com o vídeo e reclamaram da falta de agentes de segurança que pudessem ter visto e proibido a cena. De acordo com Brad Montana, a filmagem estava sendo mantida em sigilo para evitar a exposição dos envolvidos. Após a divulgação do vídeo, ele está avaliando medidas legais.

– Estou vendo com meus advogados as questões legais e o que devemos fazer. Não queríamos expor ninguém ou transgredir a lei. Por isso, filmamos longe de outras pessoas e tomamos cuidado com a imagem dos envolvidos.

O filme, que ia ser lançado no fim deste mês, pode ser cancelado, caso haja algum impedimento jurídico. Procurada pelo EXTRA, a Polícia Civil não informou se houve algum registro de queixa por atentado ao pudor devido às filmagens. O crime tem pena de três meses a um ano de prisão ou multa, de acordo com o Art. 233 do Código Penal.

https://youtu.be/LChwx3YJGb8

Com informações do EXTRA.

Outras Notícias:

Famosos

Xuxa posta no Instagram foto de luto, mas com os seios à mostra

  Uma semana após a morte do pai,  Luiz Floriano Meneghel,  Xu...

DRFR

Acusado de estuprar 18 garotas de programa em Salvador é preso

Foi preso na noite desta quinta-feira (23), Rafael de Lima Silva, acusado de estuprar 18 prostitutas...

IPVA

Donos de veículos com placa de final 2 têm até dia 28 para pagar IPVA com 5%

    Vence na próxima terça-feira (28) o prazo para os proprietários de veícu...

Arte

Obras estudantis são expostas na Assembleia Legislativa e revelam os encantos d

A ambiência sertaneja – conduzida por paisagens, símbolos e tipos sociais – é representada em...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: