Bahia

Postado em 13/07/2016 2:52

Polêmica! Gravação de filme pornô é feita ao ar livre em praia do Rio

Vídeo flagra casal fazendo sexo na areia. Fotos causaram polêmica nas redes sociais.

Share Button
Share Button

O vídeo da gravação de um filme pornô na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, está causando furor nas redes sociais. As imagens, filmadas durante o dia, circulam pelo WhatsApp e Facebook. Internautas diziam que a gravação foi realizada nesta segunda-feira, por volta das 10h da manhã, na altura do posto 10.

No entanto, o dono da produtora responsável pelas gravações, Brad Montana, afirmou que a cena foi filmada na última quinta-feira, por volta das 13h, próximo a Praia da Reserva.

– Ninguém viu. Não havia banhistas na praia e o trecho da rua onde fizemos a gravação estava interditado ao trânsito. Pedimos autorização ao dono do quiosque local e filmamos. Ninguém estava constrangido pela gravação. Quem fez as imagens não estava indignado com a cena, mas se deleitando – disse Brad Montana.

Além do vídeo, circulam fotos de uma mulher, que seria a atriz das imagens. Ela é a atriz pornô e ex-Miss Bumbum Tocantins 2015, Nicolle Bittencourt (Debora Dunhill). A assessoria da atriz informou que ela não vai se pronunciar sobre o ocorrido, mas confirmou que ela é a mulher que aparece nas imagens e que foi convidada somente para gravar esta cena do filme. Ela, inclusive, já retornou à São Paulo. O ator do vídeo foi identificado como Yuri e permanece gravando cenas do filme.

Nas redes sociais, alguns internautas se espantaram com o vídeo e reclamaram da falta de agentes de segurança que pudessem ter visto e proibido a cena. De acordo com Brad Montana, a filmagem estava sendo mantida em sigilo para evitar a exposição dos envolvidos. Após a divulgação do vídeo, ele está avaliando medidas legais.

– Estou vendo com meus advogados as questões legais e o que devemos fazer. Não queríamos expor ninguém ou transgredir a lei. Por isso, filmamos longe de outras pessoas e tomamos cuidado com a imagem dos envolvidos.

O filme, que ia ser lançado no fim deste mês, pode ser cancelado, caso haja algum impedimento jurídico. Procurada pelo EXTRA, a Polícia Civil não informou se houve algum registro de queixa por atentado ao pudor devido às filmagens. O crime tem pena de três meses a um ano de prisão ou multa, de acordo com o Art. 233 do Código Penal.

https://youtu.be/LChwx3YJGb8

Com informações do EXTRA.

Outras Notícias:

Esporte

Preto Casagrande diz que Bahia perdeu o jogo para o Furacão nos detalhes

Neste domingo (13), o Bahia foi goleado para o Atlético Paranaense por 4 a 1, na Arena da Baixada, ...

Lobato

EXCLUSIVO! Motorista leva fechada e capota veiculo na Av Suburbana nas imediaç

Um veiculo do modelo HB20 da Cor Branca acaba de capotar nesta tarde de Domingo(13), Dia dos pais, s...

Campus Party Bahia

Campus Party Bahia terá primeiro espaço exclusivo para crianças

De 9 a 13 de agosto, a Arena Fonte Nova vai sediar a primeira edição baiana da Campus Party, resul...

Programa Social

Inscrições para Bolsa Atleta começam na terça-feira (8)

As inscrições para a nova chamada do programa Bolsa Atleta começam na terça-feira (8) e segu...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: