Bahia

Postado em 19/04/2016 5:46

Governo aprova alta absurda na conta de luz na Bahia e mais quatro estados do Nordeste

.

Share Button
Share Button

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vinculada ao Ministério de Minas e Energia do Governo Federal, autorizou nesta terça-feira (19) o aumento das tarifas de energia de quatro distribuidoras que atendem estados do Nordeste. Os reajustes entram em vigor na sexta-feira (22) e atingem consumidores daBahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O aumento médio das tarifas da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) será de 10,72%, segundo decisão da Aneel. Para a baixa tensão (residências e comércio), a alta média será de 10,76%. Já para a alta tensão (indústria), a média do aumento será de 10,64%. A distribuidora atende 5,7 milhões de consumidores.

Para a Companhia Energética do Ceará (Coelce), que atende 3,4 milhões de consumidores, o aumento médio será de 12,97%. Para residências e comércio, a alta média será de 13,64%. Já para a indústria, a média do aumento será de 11,51%.

O aumento médio das tarifas da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) será de 7,73%. Para os clientes residenciais, a alta média será de 7,78%. Para as indústrias, será um pouco menor, de 7,61%. A distribuidora atende 1,3 milhão de clientes.

Para a Energisa Sergipe, que atende cerca de 735 mil clientes naquele estado, o aumento médio autorizado pela Aneel foi de 5,24%. Os clientes residenciais terão um aumento médio de 5,55%, enquanto a média do aumento para a indústria é de 4,74%.

Reajuste
Todos os anos, as distribuidoras passam por um processo de reajuste de suas tarifas, que pode levar a aumento ou queda, dependendo do que for apurado pela Aneel.

Em 2015, a agência autorizou altos reajustes devido ao encarecimento da energia no país, provocado pela queda no nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país e o uso mais intenso de termelétricas (usinas que geram eletricidade mais cara porque funcionam por meio da queima de combustíveis como óleo e gás).

Para os consumidores do Norte e do Nordeste, no entanto, a conta de luz no ano passado subiu menos que a de outras regiões. Isso porque a lei prevê que a maior parte dos custos seja bancado pelos consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. (Com informações de Laís Alegretti/ G1 Brasília)

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Concurso de Quadrilha em Periperi

Concurso de quadrilhas juninas leva milhares de pessoas ao bairro de Periperi

Cerca de dez mil pessoas assistiram às apresentações do X Campeonato Estadual de Quadrilhas Junin...

Se a moda pega!

Casal de reality estrangeiro protagoniza cena de sexo de mais de uma hora sem co

Um reality show de convivência exibido na Sérvia chamado Parovi, parecido com o Big Brother Brasil...

Metrô

Governo criará sistema complementar de ônibus para o metrô

Passageiros que utilizam o sistema de integração ônibus-metrô poderão contar com linhas complem...

Vitória da Conquista

Três pessoas morrem durante confronto com a Polícia Militar

Um confronto entre a polícia com alguns suspeitos no bairro de Pedrinhas, localizado em Vitória ...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: