Politica

Postado em 17/08/2016 4:19

Fundação de Isidório recebeu R$ 12,37 mi no governo Rui

.

Share Button
Share Button

Foram R$ 5,98 milhões pagos em 2015 e outros R$ 6,39 milhões entre janeiro e agosto deste ano, segundo dados oficiais

Comandada pelo deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PDT), candidato a prefeito de Salvador, a Fundação Dr. Jesus recebeu, segundo dados oficiais, R$ 12,37 milhões desde o começo do governo Rui Costa.

Foram R$ 5,98 milhões pagos em 2015 e outros R$ 6,39 milhões entre janeiro e agosto deste ano, de acordo com informações do Transparência Bahia. Todos os recursos foram repassados à instituição, que cuida de dependentes químicos, via Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social.

Em entrevista recente ao bahia.ba, o postulante pedetista disse que recebia uma “ajuda de mais ou menos R$ 3,5 milhões para pagar funcionário” e “mais R$ 9 milhões”, referentes a “cursos profissionalizantes”, mas não especificou o período.

Ainda conforme dados do Transparência Bahia, a Fundação Dr. Jesus recebeu R$ 8,37 milhões em 2014 e R$ 3,2 milhões em 2013. Em 2014, o dinheiro veio de duas secretarias, à época desmembradas: Justiça, Cidadania e Direitos Humanos; e Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza. No ano anterior, além das pastas citadas, houve dois repasses da Secretaria de Saúde, via Fundo Estadual de Saúde.

Fontes:bhaia.ba

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Periperi

Periperi ganha nova escola no aniversário de Salvador

    Como parte das comemorações ao aniversário de 468 da cidade de Salvador, ...

Politica

BUZU Social é sugerido por Palhinha à Prefeitura Municipal

O Vereador Palhinha apresentou na Câmara Municipal de Salvador o Projeto de Indicação 259/2017, q...

Politica

Palhinha defende aumento de vagas em cemitérios municipais

  Com o objetivo de expandir a oferta de vagas nos cemitérios municipais de Salvador, o...

Politica

Audiência Pública discute relação entre violência urbana e falta de vagas n

O aumento do número de mortes violentas na região metropolitana de Salvador é alarmante esse prob...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: