Bahia

Postado em 02/04/2016 4:24

Estudo conclui que refrigerante leva 184 mil pessoas à morte por ano

.

Share Button
Share Button

Um novo estudo, publicado no periódico ‘Circulation‘, concluiu que o consumo de refrigerantes leva 184 mil pessoas à morte todos os anos. Os pesquisadores usaram dados sobre a ingestão de bebidas açucaradas de 62 estudos sobre dieta, com a participação de mais de 600 mil pessoas de 51 países, feitos de 1980 a 2010. As informações são do ‘UOL‘.

Os cientistas reuniram dados de dezenas de pesquisas de dieta e estudos prospectivos em relação ao efeito da ingestão de bebidas açucaradas sobre o índice de massa corporal (IMC) e o diabetes tipo 2, além de análises relacionando o IMC a doenças cardiovasculares, diabetes e câncer.

Com o intuito de confirmar quais doenças tinham causado as mortes, os especialistas usaram a ‘Global Burden of Diseases, Injuries and Risk Factors 2010’, uma análise internacional atualizada periodicamente. De acordo com o estudo, o consumo de refrigerantes causa 133 mil mortes por diabetes, 45 mil por doenças cardiovasculares e 6.450 por câncer.

A pesquisa descobriu, ainda, que nos Estados Unidos as bebidas açucaradas são a causa de cerca de 45 mil óbitos ao ano.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Santa Luz

Homem mata outro após discussão por causa de uma galinha

Uma briga por causa do furto de uma galinha resultou na morte de Leudres Ariel de Oliveira Silva, ...

Rebelião no RN

VÍDEO COM IMAGENS FORTÍSSIMA! Detentos fazem churrasco de carne humana em pres

Em um vídeo gravado pelos próprios detentos, que dizem ser da facção Sindicatos do RN, exibem um...

Programa Primeiro Passo

Beneficiários do Primeiro Passo devem realizar atualização cadastral

Beneficiários do programa Primeiro Passo devem realizar atualização cadastral para que não tenha...

Boiadeiro

VEJA O VÍDEO! Noite de pânico no Subúrbio Homens tentam Assaltar ônibus um m

Segundo um vídeo que circula nas redes sociais, quatro homens tentaram assaltar um ônibus da linha...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: