Bahia

Postado em 15/09/2016 7:08

Estudantes da rede estadual homenageiam os 100 anos do samba

.

Share Button
Share Button

Este ano, um dos ritmos mais populares do Brasil, o samba, está completando 100 anos de existência. Para valorizar esta musicalidade criada pelos escravos africanos que chegaram à Bahia, os estudantes do Colégio Estadual Professora Elizabeth Chaves Velozo, situado em Salvador, promoveram nesta quinta-feira (15), apresentações musicais e rodas de samba do projeto “100 anos de samba”.

De acordo com o professor de História, Iuri Medeiros Sacerdote, a atividade interdisciplinar tem o objetivo de fazer um resgate histórico e cultural do samba de raiz. “O projeto busca inserir a música na atividade pedagógica de forma lúdica. Além disso, mostra a riqueza do samba e a valorização da cultura do nosso povo”, destaca o educador, ao informar que os estudantes pesquisaram sobre os tipos de samba, construíram instrumentos e compuseram músicas parta as apresentações.

O evento ainda contou com o “Museu do Samba” montado em uma das salas de aula, onde os estudantes apresentaram os instrumentos musicais que dão ritmo e imprimem a sonoridade característica do samba. Dentre eles, destacam-se o bandolim, tantã, atabaque, agogô, repique, pandeiro, banjo e outros. Já a escola de samba “Unidos de Itapuã” animou a comunidade escolar com seu variado repertório musical ao formar rodas de samba com os estudantes.

Para a estudante Maria Luiza Aleixo, 15 anos, do 9° ano, o projeto contribui para o enriquecimento cultural. “O samba é muito importante para a nossa cultura porque foi trazido há muitos anos atrás pelos africanos e é conhecido no mundo todo como uma referência ao Brasil. Por isso, reconhecer o que é nosso é essencial”, afirma.

Para Luiz da Costa, 15, também do 9°, acredita que “o samba deveria ser mais destacado nas atividades culturais porque faz parte da nossa história, pois, é uma forma de valorizar os nossos antepassados que nos deixaram esse estilo musical que é muito interessante e agrada a todos”, diz o estudante.

Sobre o samba – O primeiro samba brasileiro intitulado “Pelo telefone” foi registrado em novembro de 1916 pelo compositor Ernesto Joaquim Maria dos Santos, conhecido como Donga. Em 2015, o samba foi reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Mostra fotográfica – com a mesma temática, os estudantes da Escola Estadual Severino Vieira participam, nesta sexta-feira (16), às 10h, da Mostra de Fotografias e Pinturas do Projeto Quintal do Samba. As fotos foram registradas pelos estudantes com telefones celulares e revelam suas impressões sobre o samba.

Outras Notícias:

Esporte Clube Vitória

Diante do Corinthians, Vitória perde a primeira partida na Série A

Após um começo de partida com ambas equipes mostrando uma certa comodidade, o Vitória não conseg...

Feira de Ciências

Secretaria da Educação do Estado inscreve para a 7ª Feira de Ciências, Empre

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está com inscrições abertas para a 7ª Feira de Ci...

Greve dos Rodoviários

Rodoviários confirmam GREVE GERAL na semana que vem, dia 23/05

Por meio de comunicado publicado nesta sexta-feira (19), o Sindicato dos Rodoviários confirmou a pa...

SEMOB

Linhas de ônibus serão remanejadas no Terminal da Rodoviária

A Secretária Municipal de Mobilidade (Semob) informou, através de nota que, a partir deste sábado...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: