Internacional

Postado em 13/11/2015 11:24

Estado Islâmico assume ataques a Paris; mortes já passam de 120

Presidente francês, François Hollande, anunciou o estado de emergência.

Share Button
Share Button

O portal “Site”, que monitora as atividades dos jihadistas na internet, disse que o grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria dos ataques na noite desta sexta-feira (13), em Paris. Até agora, a polícia contabiliza mais de 100 mortos em sete ataques na capital francesa, a maioria na casa de espetáculos Bataclan.

Segundo a diretora do portal, Rita Katz, a revista do Estado Islâmico, a “Dabiq”, escreveu que a França “manda seus ataques aéreos para a Síria diariamente” e que essas ações “matam crianças e idosos”. “Hoje vocês estão bebendo do mesmo cálice”, escreveu a publicação.

Ela ainda informou, por meio de sua conta no Twitter, que há simpatizantes do grupo terrorista “celebrando” a série de ataques. “Fãs do Estado Islâmico celebram os ataques na França com um aviso: ‘isso é só o começo … Aguarde até os istishhadis [suicidas] chegarem com seus carros”, postou a diretora do maior portal de monitoramento das atividades jihadistas. Segundo ela, os simpatizantes afirmam: “Lembrem, lembrem esta data, #Paris. Eles nunca vão esquecer este dia, como os americanos não esquecem do 11 de setembro”.

Ataques sincronizados
Os ataques registados ocorreram em sete pontos da cidade, segunda uma fonte ligada à polícia citada pela agência de notícias AFP.

De acordo com a France Presse, os ataques foram conduzidos por um kamikaze no Estádio de França no norte da capital, na sala de espetáculos Bataclan, no centro da cidade, onde ainda há 100 pessoas mantidas como reféns. Também é possível que os ataques tenham ocorrido em cinco bairros do centro de Paris, muito frequentados às sextas-feiras à noite, em bairros próximos da Praça da República, essa última localizada em uma área perto do jornal Charlie Hebdo, onde ocorreu um ataque em janeiro.

Os sete locais onde se deram os ataques são: o Estádio de França, a Gare Du Nord, o restaurante Petit Cambodge, o bar Le Carrilon, o Bataclan Concert Hall, o Belle Equipe Bar e em Les Halle.

O presidente francês, François Hollande, anunciou o estado de emergência e o fechamento das fronteiras da França.

*Com informação das agências Brasil, Ansa e Lusa

Outras Notícias:

Polêmica

Durante culto, pastor liga para Deus usando celular: “Alô, é do céu?”

Um pastor no Zimbabwe ficou famoso em diversos lugares do mundo por conta de uma atitude durante um ...

Mundo

Número de mortos em protestos na Venezuela sobe para 50

Subiu para 50 o número de mortos em mais de um mês de protestos contra o governo do presidente da ...

Mundo

Teste de míssil norte-coreano faz ONU convocar reunião de urgência

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) convocou neste domingo (14) uma ...

Mundo

Desenho que retrata papa angelical beijando Trump demoníaco aparece em rua de R

Um desenho que retrata o papa Francisco de halo angelical beijando o presidente dos Estados Unidos...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: