Notícias

Postado em 07/10/2016 2:51

Em troca por delação, Marcelo Odebrecht pode ficar mais 2 anos e meio preso

Empreiteiro já está há um ano e meio atrás das grades.

Share Button
Share Button

Preso desde junho de 2015 em Curitiba, Marcelo Odebrecht deve cumprir mais dois anos e meio de pena em regime fechado. Pelo menos é o que quer a Procuradoria-Geral da República, que entregou envelope fechado com a pena aos advogados da empreiteira na última segunda-feira (03), em Brasília.

A proposta da PGR já envolve o acordo para delação premiada do herdeiro da Odebrecht. A defesa de Marcelo vai tentar reduzir a punição sob a alegação de que o material dado por ele à Lava Jato é muito precioso e por isso ele deveria ficar menos tempo atrás das grades.

Além disso, há a expectativa de uma multa bilionária aplicada contra a construtora, com valores superiores aos que foram negociados com a Andrade Gutierrez, de R$ 1 bilhão, e da Camargo Corrêa, de R$ 700 milhões.

BUSCAR NO SITE: