Bahia

Postado em 11/06/2016 3:31

Doriva aponta crescimento do time e justifica substituição: “Consistência”

Bahia vence o CRB por 3 a 0 no estádio de Pituaçu e desempenho do time agrada o técnico. Doriva fala sobre a decisão de colocar Moisés na vaga de Edigar Junio.

Share Button
Share Button

O Bahia conquistou nesta sexta-feira o terceiro triunfo consecutivo na Série B do Campeonato Brasileiro. No estádio de Pituaçu, em Salvador, o Tricolor bateu o CRB por 3 a 0 e subiu para a segunda colocação, com 17 pontos conquistados. O time baiano ainda pode voltar para a terceira posição. Tudo depende do resultado da partida entre Atlético-GO e Vasco, marcada para sábado, às 16h30 (horário de Brasília), no estádio Kléber Andrade, no Espirito Santo.

O desempenho do Bahia diante do CRB agradou o técnico Doriva. O treinador apontou um crescimento da equipe e elogiou a entrega dos jogadores que, mesmo sem o costume de marcar, ajudaram o sistema defensivo quando foi preciso.

– Importante. Acho que a equipe cresceu com a qualidade do Cajá e do Régis. Logico que eles tiveram que se sacrificar no momento defensivo. Não é as características deles, que pensam mais o jogo. Tanto o Régis quanto o Cajá se revezaram na marcação. A equipe ganhou com a entrada do Régis e do Cajá. Infelizmente o Edigar saiu com lesão. Tive que fazer mudança para dar consistência ao time – disse Doriva.

Contra Paysandu, Régis saiu do banco, sofreu um pênalti e marcou um gol. Na partida diante do Goiás, Thiago Ribeiro entrou na partida, balançou as redes e tranquilizou as coisas para o Bahia. Nesta sexta-feira, os reservas novamente contribuíram, com mais um gol de Régis. Doriva destacou a chance de mudar o panorama das partidas com as substituições.

– O elenco está forte. E a competitividade entre os atletas está forte e sadia. Podemos mudar o jogo com substituições. Claro que temos que fazer a leitura correta para fazer as substituições e que elas façam mudança dentro do campo. Não tenho bola de cristal para ver qual atleta vai entrar melhor. Faço com base no parâmetro dos atletas no dia a dia – comentou.

O treinador, contudo, precisou dar explicações sobre a decisão de colocar Moisés no lugar de Edigar Junio, que saiu de campo machucado. Com a substituição, o Bahia perdeu terreno, recuou e só conseguiu voltar a ter o domínio da partida após a expulsão de Elton Lira. Doriva disse que com Moisés, a equipe ganharia consistência.

– Acho que naquele momento tinha que dar consistência à equipe. Por isso a escolha pelo Moisés, lateral de ofício. O João Paulo já fez a função na linha da frente, marca bem. Portanto, não perderíamos poder ofensivo e ganharíamos consistência. O Hernane estava desgastado, o Cajá também e tinha o Régis. Três jogadores que não são exímios marcadores. Hoje, no futebol, não se pode dar o luxo de jogar com três a menos. Eles se esforçaram para cumprir a função, mas não estão habituados a fazer isso.

Para reforçar que a decisão tomada foi a melhor para o Bahia, Doriva lembrou que o CRB é uma das equipes que brigam por vaga no G-4. O time alagoano tem 12 pontos e está na 7ª posição. Ele também falou sobre a relação com os reservas.

– Temos que ter coerência e enxergar o que acontece dentro do jogo. Estávamos jogando contra uma equipe que vem bem. Estávamos ganhando e optei por essa situação. Falo para o atleta ficar tranquilo, não foi dessa, pode entrar na próxima. Sou frontal como atleta e tenho que avaliar o melhor para o time.

O técnico tricolor terá três dias para preparar o time até a próxima partida. Na próxima terça-feira, às 19h15 (horário de Brasília), o Bahia enfrenta o Criciúma no Heriberto Hülse. A partida é válida pela nona rodada da Série B.

Outras Notícias:

Campeonato de Itacaranha

Verdão x Beco na Grande Final do campeonato em Itacaranha no dia 04 de junho (D

No dia 4 de Junho o time Verdão enfrentará o Beco na grande Final do campeonato de Itacaranha 201...

Campeonato Brasileiro

Vitória Perde para o Curitiba na Arena Fonte Nova

Foi com um golaço de Rildo, no segundo tempo, que o Coritiba bateu o Vitória na Arena Fonte Nova, ...

SSP

Trio é preso passando notas de R$ 100 falsas

Após denúncias de comerciantes lesados, equipes da 7ª Delegacia Territorial (DT) do Rio Vermelho ...

Projeto TAMAR

Exposição conta história da 1ª geração de tartarugas marinhas de sobrenome

'TAMAR 35 anos: Uma homenagem à primeira geração de tartarugas marinhas de sobrenome Tamar' é o ...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: