Notícias

Postado em 15/07/2016 8:11

Criança sofre corte na língua dentro de escola e família acusa professora

.

Share Button
Share Button

A família do garoto de quatro anos, de iniciais G.S.C., que estuda na Escola e Creche Educandário Renovação, do bairro de Don Avelar, em Salvador, acusa uma professora da instituição de ensino privado de ferir a língua do menino com uma faca. Segundo informações da tia da criança, Tânia Mara Bispo, e da mãe, Joátila Bispo Conceição, 28 anos, a educadora cometeu a agressão alegando que o menino mostrou a língua para ela, dentro da sala de aula, na manhã desta quarta-feira (13).

Para chegar a esta versão da história, os familiares do garoto, tiveram que esperar ele sair da presença da professora e ter confiança para desabafar. “Meu sobrinho estava bastante assustado e só quis falar depois que insistimos, pois não ia acontecer nada com ele. Foi quando disse que deu a língua para professora e por isso ela fez um corte na língua com a faca”, relata a tia da vítima.

Ainda de acordo com o relato, a justificativa da escola não foi suficiente para convencer os parentes da suposta vítima. Segundo Joátila, ao cobrar explicações, os familiares do menino receberam informações desencontradas. “Elas disseram que não viram nada de anormal com ele, que ele não chorou. Depois outra pessoa da escola disse que ele brigou com uma colega. Depois que ele caiu e o dente fez o ferimento, mas foi tão rápido que ninguém viu”, disse a mãe do menino.

A família do garoto registrou queixa na Delegacia de Repressão a Crimes Contra Criança e Adolescente (Dercca) no bairro de Brotas. Após ser atendido no Hospital Geral do Estado (HGE), onde o menino passou por uma pequena cirurgia e levou três pontos na língua, ele passou por uma perícia no Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues. “Ao contrário do que a escola alegou, a polícia disse que somente a perícia vai afirmar, mas o corte possivelmente foi feito por material perfurocortante”, disse Joátila.

A tia da vítima, Tânia Mara, ainda disse que ele está com arranhões na orelha e no rosto. Joátila disse que o menino está traumatizado. “Ele não dormiu direito, não está comendo e se queixa de dor na língua e continua muito assustado”, relata.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Protesto

Em evento de ACM Neto, vereador impede crianças de protestarem por fardamento

Durante a entrega de uma geomanta em uma encosta no bairro de Luís Anselmo, evento que contou c...

Fazenda Coutos

Após a morte de três suspeitos de envolvimento com o tráfico comparsas decidi

Após a morte de três suspeitos de envolvimento com o tráfico na noite desta sexta-feira (21), os ...

Plataforma

Cinco pessoas são atingidas por descarga elétrica em Plataforma; duas morrem

Na tarde deste sábado (22), duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas após sofrerem uma...

Conjunto Senhor do Bonfim

Vejam o Vídeo; Moradora do Conjunto Senhor do Bonfim no Subúrbio Ferroviário

Vejam o flagrante de uma câmera de Segurança de uma residência  o momento em que uma moradora do...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: