Notícias

Postado em 10/10/2015 5:53

Criança de 4 anos morta em tragédia de Praia do Forte não era filha do assassino

.

Share Button
Share Button
Em contato com a reportagem do Bocão News na manhã deste sábado (10), o delegado de Praia do Forte, Aldaci Ferreira, afirmou que a criança morta na tragédia que chocou a população na noite desta sexta-feira (9), não era filha do assassino, identificado apenas pelo prenome de Claudio e conhecido pelo vulgo de “Piti”.
Manuela Lemos, de apenas 4 anos, foi executada juntamente com sua mãe, Elaine Brito Lemos, de 36 anos, dentro de casa, localizada na avenida ACM, em Praia do Forte. O assasino ainda matou o jovem Edmilson dos Santos Souza Fillho, de 26 anos, que era ajudante de Elaine na venda de acarajé, e depois se matou.
Ainda de acordo com o delegado, trata-se de um crime passional e que o casal já, que morava no bairro de Brotas, em Salvador, já registrava diversas ocorrências de ameaças e brigas. Segundo Ferreira, o jovem Edmilson, que também foi morto, já era ajudante de Elaine na capital baiana e há pouco tempo, foi para Praia do Forte junto com a vendedora. O delegado ressalta que no conhecimento da polícia, a relação entre os dois era apenas profissional.
Por Redação Bocão News (@bocaonews) | Fotos: Reprodução

Outras Notícias:

Escritor

Livro aborda trajetória da indústria na Bahia

Uma viagem histórica pelos caminhos das primeiras manifestações industriais da Bahia, chegando at...

Cultura

Olodum comemora Dia da África

Mais de 120 percussionistas sob a batuta do Mestre Memeu sairão ​da Praça Pastores da Noite...

Metrô

Chegada do metrô à Paralela deve dobrar número de passageiros

Quem estava acostumado a enfrentar congestionamentos na Avenida Paralela, em Salvador, já pode econ...

Educação no Trânsito

Comunidade escolar é mobilizada para ações sobre Educação no Trânsito

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito ...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: