Notícias

Postado em 13/03/2016 8:53

Com gols de ex-tricolores, Vitória bate o Bahia no primeiro clássico do ano

.

Share Button
Share Button

O mundo dá voltas. Foi com essa mentalidade que Vander e Tiago Real parecem ter ido para o primeiro clássico de 2016, disputado na Arena Fonte Nova na tarde deste domingo (13) e válido pela sexta e última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano. Os dois marcaram os gols que deram ao Vitória triunfo por 2 a 0 sobre o arquirrival Bahia, clube pelo qual passaram antes de chegar ao Barradão.

O rubro-negro, que teve o jovem Caíque como surpresa e se destacando no gol, chegou ao sétimo jogo seguido sem perder do rival se aproximou do adversário na classificação geral e agora espera o adversário nas quartas de final do estadual.

O jogo

Apesar de começarem se estudando nos primeiros minutos do clássico, o Bahia teve boa chance logo aos dois, com Luisinho. Willian Farias falhou na gente da zaga e perdeu a bola para Zé Roberto, que avançou e tocou para o companheiro de ataque, mas o chute passou longo de gol defendido por Caíque.

O Vitória respondeu aos 8, com Amaral arriscando de fora da área, para a defesa em dois tempos de Marcelo Lomba. Dois minutos depois, o Leão chegou novamente, com Tiago Real fazendo bom cruzamento da direita, mas Robert não conseguiu alcançar e atrapalhou.

O Esquadrão teve grande chance aos 23 minutos, em jogada individual de Paulo Roberto. O volante disparou pelo meio e saiu na cara do gol, mas demorou de chutar e foi travado na hora do chute.

Apenas três minutos depois, outro volante do Bahia levou perigo para a meta rubro-negra. Juninho, de muito longe, acertou o ângulo, mas o jovem Caíque fez grande defesa e mandou para escanteio.

As tentativas do tricolor acordaram o Vitória, que chegou com força aos 30 minutos, e quase abriu o placar. Após bela troca de passes entre Marinho e Tiago Real, o atacante caiu na área mas seguiu com a jogada tocando para Tiago Real, que dominou na frente do gol e girou batendo, com a bola passando muito perto da trave de Lomba.

A resposta do Bahia veio dois minutos depois, com Luisinho recebendo passe açucarado de Edigar Junio. O veloz atacante cabeceou no contrapé de Caíque, mas o jovem fez milagre e evitou o gol.

Mesmo não atuando no Barradão, o rubro-negro não ficou atrás, e respondeu novamente à altura. Robert recebeu livre na área, mas cabeceou errado e mandou para fora.

Segundo tempo

Aproveitando uma falha do lateral Hayner, Vander aproveitou lançamento de Amaral e teve calma, de frente para o gol, para tirar de Marcelo Lomba e abrir o placar no primeiro clássico do ano: Vitória 1 a 0.

No desespero para chegar logo ao empate o Bahia teve boa chance com Zé Roberto. O atacante recebeu cruzamento e cabeceou no cantinho, mas Caíque estava lá para salvar o Leão mais uma vez.

Com espaço, o rubro-negro esteve perto de aumentar o placar no lance seguinte, com Tiago Real limpando e batendo firme, mas a bola passou para fora.

Pressão rubro-negra

O gol do Vitória mexeu com o Bahia, e o Leão foi para cima, chegando perto de ampliar em duas oportunidades seguidas. A primeira surgiu de uma linda jogada de Diego Renan, que puxou contra-ataque e deixou Robert na cara do gol. O experiente centroavante, no entanto, decepcionou e perdeu mandando longe do gol.

Um minuto depois, Amaral desviou cobrança de escanteio e ficou limpa para Vinicius, mas o zagueiro errou o alvo e cabeceou para fora.

Aos 14 minutos, não teve jeito. Na pressão pelo lado esquerdo do ataque, Marinho desarmou a defesa do Bahia e a bola sobrou para Tiago Real. O ex-tricolor ajeitou e caprichou no chute para marcar um golaço contra o Bahia, acertando o ângulo de Marcelo Lomba: Vitória 2 a 0.

Depois de marcar o segundo, o rubro-negro passou a tocar mais a bola e segurou o resultado fora de casa, com direitos a gritos de ‘Olé’ vindos da torcida rubro-negra durante as longas trocas de passe do time comandado por Mancini.

Apesar de tentar pressionar, o Bahia pouco conseguiu criar no restante do clássico, com a melhor chance de diminuir o placar sendo uma cobrança de falta feita por Éder, de longe, que passou levando perigo.

 

Ficha Técnica

Bahia 0 x 2 Vitória

Campeonato Baiano – 6ª Rodada

Local: Fonte Nova, em Salvador, às 16h

Arbitragem: Gleidson Santos Oliveira, assistido por Elicarlos Franco de Oliveira e Dijalma Silva Ferreira Junior.

Cartões amarelos: Amaral, Vander e Ramon (Vitória); João Paulo (Bahia)

 

Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Gustavo (Robson), Éder e João Paulo; Feijão, Paulo Roberto (Rômulo) e Juninho; Luisinho, Zé Roberto (Jacó) e Edigar Junio. Técnico: Doriva

 

Vitória: Caíque; José Welison, Ramon, Vinícius e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Tiago Real (Leandro Domingues); Marinho (Arthur Maia), Vander e Robert (Flávio). Técnico: Vagner Mancini.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Policia

Dois policiais são sequestrados e executados por bandidos

Dois policiais militares foram mortos por bandidos que tentaram assaltar um banco na cidade de Bom J...

Foraças Armadas

Forças Armadas vão atuar na região metropolitana de Natal por 11 dias

Cerca de 1,8 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica vão atuar na Garantia da Lei ...

Periperi

Acidente de moto na Av Suburbana nas Imediações de Periperi Deixa Homem Ferido

  Segundo informações do Motolink do Subúrbio Online, um acidente envolvendo uma  mo...

Acidente

Acidente entre dois ônibus deixa seis feridos Nesta Tarde de Domingo(22)

Por volta das 16h deste domingo (22), na saída da Avenida Luiz Eduardo, na altura da Concessionári...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE: