Notícias

Postado em 20/01/2016 9:36

Cartão Gratuidade do metrô já pode ser solicitado

.

Share Button
Share Button

O cartão gratuidade do metrô para pessoas com deficiência já pode ser solicitado no Posto de Atendimento na estação da Lapa. Os beneficiários devem agendar uma visita ao Posto de Atendimento na estação da Lapa, por meio do telefone (71) 3432-7735.

Apesar de a gratuidade aportar idosos acima de 60 anos, crianças até cinco anos, oficiais de justiça federais, fiscais do trabalho e pessoas com deficiência (comprovadamente carente e previamente cadastrada pela Secretaria Estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos), somente as últimas precisam solicitar o cartão.

Apenas até o dia 28 de junho, pessoas com deficiência terão acesso gratuito mesmo sem o cartão. É preciso apresentar o documento emitido pela Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef) ou da Unidade de Gratuidade de Pessoas com Necessidades Especiais (UGPD).

Após um ano e seis meses de operação assistida, o metrô começou a ser cobrado em janeiro, com tarifa de R$ 3,30, que dá direito à integração com linhas de ônibus urbanas e metropolitanas.

Acompanhantes

Para as pessoas com deficiência que precisam de acompanhante, o Cartão Gratuidade será identificado como “com Acompanhante” e apresentará, no verso, a identificação de até três pessoas previstas como tais, que também devem se cadastrar junto ao metrô.

Para a liberação do acompanhante, basta apresentar documento com foto ao agente da estação.

Especificidades

A CCR Metrô lembrou que o Cartão Gratuidade tem especificidades, como a validade de 12 meses. Com ele, não é permitido o uso seguido no metrô dentro do intervalo de 15 minutos. Além disso, o acesso às estações deve ser feita, exclusivamente, nas catraca sinalizada com ícones de acessibilidade.

Segundo a empresa que administra o metrô, o cartão é pessoal e intransferível, com punição, prevista por lei, a quem tentar burlar o benefício.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Policia

Polícia prova através de DNA que homem estuprou quatro mulheres

Acusado de estuprar quatro mulheres em três diferentes municípios do interior da Bahia, o desempre...

Nota de Esclarecimento

Obra de recuperação no colégio Odorico será iniciada de imediato, garante SE

A chuva desta quarta-feira (22) provocou a queda da cobertura do ginásio de esportes do Colégi...

Conselho de Enfermagem garante nome social a travestis e transexuais

        Resolução do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) pu...

Educação

Dia Mundial da Água é marcado por ações socioambientais nas escolas estaduai

Os estudantes da rede estadual de ensino realizaram, nesta quarta-feira (22), data em que se celebra...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE:

CLIQUE NO X PARA FECHAR