BUSCAR NO SITE:

Notícias

Carlinha do Laço teria sido morta por envolvimento com policial, diz testemunha

Assassinato da moradora da Fazenda Grande chocou população.

Postado em 28/12/2015 13:26 - Atualizado em: 28/12/2015 13:26
Share Button

Um dos assuntos mais comentados do final de semana em Salvador foi a morte de Carla Nadiele Moreira da Silva, de 27 anos, conhecida como Carlinha do Laço. De acordo com novas informações, a polícia acredita que os mandantes do crime foram traficantes da “boca de fumo” da rua Diva Pimentel, em Fazenda Grande do Retiro, cujo líder é conhecido por “Seaway”.

Uma testemunha que prefere não se identificar contou ao jornal “A Tarde” que Carla era envolvida com o crime. “Esse pessoal leva e traz. Ela estava namorando um policial e andando com os vagabundos. Pensaram que ela estava passando informações”, disse.

O assassinato de Carlinha do Laço foi chocante na Fazenda Grande do Retiro. Ela foi arrastada por dezenas de degraus e executada perto do lixo. Segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT), havia nove perfurações de entrada e saída de projéteis no rosto, além de lesões nas costas que indicam o arrastamento do corpo. Ainda de acordo com a testemunha, quatro homens participaram do homicídio.

“Ela foi arrastada do alto da escada até o lixo. Foram muitos tiros. Vi quatro caras armados com pistolas 380. Esperei saírem e fui ajudar, mas ela já estava morta”, falou. Há ainda a informação de que Carlinha do Aço era amiga de Kelly Cyclone. Para quem não se lembra, Kelly foi encontrada morta, com marcas de tiros e facadas, em 17 de julho de 2011 em Lauro de Freitas. As amigas tinham em comum a grande popularidade nas redes sociais.

Outras Notícias

Anunciantes Premium!


Coloque o seu Anúncio aqui!

BUSCAR NO SITE: