Notícias

Postado em 19/05/2016 9:11

BUSCAS SUSPENSAS: Trabalhos são paralisados por risco de novo desabamento em Paripe

.

Share Button
Share Button

As buscas por vítimas na fábrica de Cimento de Salvador (Cocisa), na rua Eduardo Doto, no bairro de Paripe, foram suspensas temporariamente. De acordo com a assessoria da Defesa Civil de Salvador (Codesal), um engenheiro do órgão detectou a possibilidade de novo desabamento no local.

Por conta disso, a orientação é para que os bombeiros não entrem até que a estrutura seja estabilizada. A assessoria do órgão confirmou ainda uma vítima fatal, Reginaldo Silva dos Santos, 39 anos, que já foi retirado dos escombros.

Anderson Correia Carvalho, 29, ainda não foi resgatado. A possibilidade de que ele ainda esteja com vida é remota. As identidades de ambos não foram reveladas. Pelo menos duas pessoas ficaram feridas.

Uma das possíveis causas para o acidente foi a descoberta de restos de cimento em um cilindro abandonado. As vítimas teriam decidido furtar o produto, sendo surpreendidas, em seguida, com a queda do teto. O local está abandonado há aproximadamente 20 anos.

O caso foi registrado na 5ª delegacia territorial, em Periperi. Além do Corpo de Bombeiros, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também participam dos trabalhos.

 

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Pedofilia

Mulher de 38 anos é presa após sexo até 15 vezes com adolescente

Uma mulher casada, de 38 anos, confessou ter feito sexo, entre oito e 15 vezes, com um adolescente d...

Paripe

Artistas promovem oficinas gratuitas para jovens da periferia; última etapa oco

Iniciado nesta segunda-feira (20) e com encerramento no próximo sábado (25), o Mutirão Mete Mão ...

Esporte

Com golaço de Juninho e estrela de Edigar, Bahia vence o Fortaleza na Fonte; ve

    O Bahia voltou a se impor na Arena Fonte Nova e, com tranquilidade, venceu o...

Câmara dos Deputados

Câmara aprova projeto que libera terceirização de atividades nas empresas

Mesmo sob forte protesto da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou hoje (22) o Pro...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE:

CLIQUE NO X PARA FECHAR