Notícias

Postado em 14/11/2015 5:39

Autoridades da Segurança Pública afirmam que “toque de recolher” é boato

.

Share Button
Share Button

Alguns bairros de Salvador, como Liberdade, Cajazeiras, Fazenda Grande e Iapi, nos últimos dias, viveram momento de tensão com a disseminação nas redes sociais de mensagens de supostos traficantes ordenando toque de recolher nas regiões, por conta da morte de aliados. Indagados pelo Bocão News sobre o caso, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa e o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Anselmo Góes, negaram qualquer ocorrência nas localidades citadas e chamaram de “boatos” tudo o que foi divulgado.

 

O titular da SSP pediu a população cautela e garantiu que “não há necessidade de tensão”. “O povo não pode se sentir intimado por esse tipo de mensagem de bandidos. Só existe toque de recolher para quem divulga e quem acha que aquilo é verdade. Não houve nenhuma ocorrência e estamos atuando com nossos homens nas ruas”, disse.

 

O comandante da PM seguiu o mesmo discurso. Coronel Anselmo Brandão corroborou que não há nenhuma ocorrência praticada por conta desse “tipo de informações que foi disseminada de forma irresponsável”. “Nada foi registrado. Nosso efetivo está a postos para garantir a segurança”, afirmou.

Tanto a SSP quanto a PM confirmaram que existem investigações para identificar os autores das mensagens. “Vamos identificar e prender todos os envolvidos”, informou Barbosa.

Galeria de Fotos

BUSCAR NO SITE: