Esportes

Postado em 11/09/2015 10:40

Atletas de projeto da Base de Rio Sena ganham 20 medalhas de karatê no Rio

Quinze atletas conquistaram 20 medalhas no 19º Campeonato Brasileiro de Karatê Semicontato. A comemoração teve desfile aberto em carro do Corpo de Bombeiros pelo Rio Sena.

Share Button
Share Button

Não passava das 15h de ontem, quando as 160 crianças que integram o projeto Karatê do Saber, desenvolvido pela Base Comunitária de Segurança (BCS) de Rio Sena, no Subúrbio Ferroviário, esperavam ansiosos pelo desfile aberto em carro do Corpo de Bombeiros pelas ruas do bairro. O motivo da comemoração: as medalhas conquistadas em uma competição no Rio de Janeiro.

Quinze atletas, além de uma aluna do Colégio da Polícia Militar do Lobato, conquistaram 20 medalhas no 19º Campeonato Brasileiro de Karatê Semicontato – sete pódios na modalidade Kata e 13 na Kumite – no final de semana passado. “Eu nunca desfilei, mas acho que deve ser mais difícil que o caratê”, brincou a pequena Leornarda Alves, 12. Ela treina desde os 4 anos e estuda no Colégio da PM, mas frequenta o projeto no Rio Sena onde já fez muitos amigos.

Na escola, ela teve a opção de fazer balé e foi incentivada pela mãe, mas se dedicou ao caratê: sucesso absoluto. A pequena já é tetracampeã brasileira, tricampeã baiana, campeã pan-americana de artes marciais e medalha de ouro no 6º Campeonato Mundial de Artes Marciais, realizado em Buenos Aires, em 2014. “De início, tomamos um susto, mas ela foi conquistando o espaço dela. O único problema é que, por não ser esporte olímpico, o caratê não é muito valorizado, mas eu e o pai dela ajudamos muito neste sonho”, afirma Daniela Bispo, a mãe.

O projeto gratuito teve início em 2012 e, para o comandante da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Periperi), major Eurico Filho, o esporte além de aproximar a PM da comunidade tem contribuído para dar esperança de um futuro melhor às crianças. Para participar das aulas, é necessário que o aluno esteja na escola, frequentando as aulas e tirando boas notas. “O esporte e a aproximação com os moradores contribuiram para a redução da violência na área”, acrescentou o major.

As aulas acontecem duas vezes na semana, no espaço Gêneses. As crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos, são divididas em turmas e treinadas por dois instrutores, tenentes da PM. “Eu fui faixa preta em caratê em 1999 e, desde então, pensei em dar aulas gratuitas. Tive a ideia de fazer o projeto aqui na comunidade e começamos com 80 alunos, todos iniciantes”, lembrou o instrutor e tenente Roberto Costa. O parceiro no projeto é o soldado Modesto, que elogia o empenho e desempenho dos pupilos. “Já temos três alunos campeões baianos, três campeões brasileiros e uma campeã pan-americana”, destacou.

E esses resultados têm reflexo direto no comportamento da turma. Alguns com histórico de serem baderneiros mudaram a conduta, após as aulas. É o caso de Jadson Ramos Barbosa, 13. Treinando há dois anos e cinco meses e já na faixa verde (2º estágio), ele deixou de ser um garoto-problema. “O caratê mudou minha vida. Eu vi o pessoal treinando e quis aprender pra saber bater melhor. Mas depois comecei a gostar e hoje estou mais calmo”, brincou. A mãe comemora a transformação. “Tenho cinco filhos, e dois deles participam do projeto. Quando eu voltava do trabalho, já descia do ônibus ouvindo reclamações dele. Hoje fico despreocupada”, lembrou Célia Ramos, mãe de Jadson.

Outras Notícias:

Campeonato de Itacaranha

Verdão x Beco na Grande Final do campeonato em Itacaranha no dia 04 de junho (D

No dia 4 de Junho o time Verdão enfrentará o Beco na grande Final do campeonato de Itacaranha 201...

Futebol

Sem Globo, CBF compra horário na TV Brasil para exibir amistosos da seleção

Pelé será o comentarista dos dois amistosos do Brasil no próximo mês. A contratação do melhor ...

Copa do Nordeste

Bahia vence o Sport e conquista o terceiro título de campeão nordestino

Diante de mais de 40 mil pessoas, na Arena Fonte Nova, o Bahia voltou a soltar o grito de “é camp...

Esporte

Zagueiro do Grêmio é novo alvo do Vitória, revela diretor de futebol

Além dos reforços já conhecidos para o ataque, como Neilton e Sassá, o Vitória também busca co...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: