Notícias

Postado em 13/09/2016 5:58

Alergia e intolerância à lactose cresce entre crianças; entenda os sintomas e diferenças

O corpo humano com seus mecanismos de defesa logo produzem sintomas para deixar em alerta que algo diferente aconteceu.

Share Button
Share Button

Nos últimos anos, é muito mais comum ouvir que uma criança não pode ingerir lactose. Isso acontece devido ao aumento da ingestão de alimentos industrializados derivados de leite, do melhor acesso a saúde e da busca ativa pelo diagnóstico. Em uma turma de 20 alunos de 0-2 anos, pelo menos 6 crianças vão ter alergia a lactose.

No Brasil, pelo menos 40% da população tem algum tipo de intolerância a lactose e a perspectiva é desse número crescer. Para descobrir a causa dos dois tipos de reações humanas, o Varela Notícias conversou com o clínico geral José Jorge Abbud: “Duas reações completamente diferentes podem ocorrer quando um indivíduo ingere a lactose. O corpo humano com seus mecanismos de defesa logo produzem sintomas para deixar em alerta que algo diferente aconteceu. Por esses sintomas é possível se distinguir a alergia e a intolerância a lactose”, explica.

“A alergia a lactose (alergia a proteína do leite) tem sintomas como: digestivos (vômitos, cólicas, diarreia, dor abdominal, prisão de ventre, presença de sangue nas fezes, refluxo, etc.), cutâneos (urticária, dermatite atópica de moderada a grave), respiratórios (asma, chiado no peito e rinite), reação anafilática, baixo ganho de peso e crescimento. Podem ocorrer em minutos, horas ou dias após a ingestão de leite de vaca ou derivados, de forma persistente ou repetitiva”, fala o médico.

“Já a intolerância a lactose (intolerância ao açúcar contido no leite) tem sintomas como: diarreia, cólicas, gases e distensão abdominal (barriga estufada). Podem ocorrer em minutos ou horas após a ingestão do leite de vaca”, continua.

Quando questionado sobre o motivo de algumas pessoas que tinham alergia a lactose na infância, crescerem e melhorarem da doença, ele afirma: “Assim que os bebês nascem seu intestino ainda está imaturo e a ingestão dessas proteínas da lactose pode iniciar um processo de inflamação no aparelho digestivo”.

Sobre o tratamento da alergia, o médico afirma que o melhor a se fazer é suspender completamente alimentos que contém lactose: “O tratamento consiste na interrupção da ingestão de qualquer tipo de leite animal, como vaca, cabra ou búfala. É importante afirmar que a dessensibilização pode ocorrer à medida que a criança cresce, pois a retirada do motivo da alergia do contato com a mucosa intestinal faz com que o organismo deixe de ser sensível á proteína. Quão mais precoce for à retirada do leite de vaca e mais duradouro for este tratamento, mais cedo a criança supera a alergia”,  indica.

No caso de intolerância a lactose, o médico afirma: “A pessoa deve utilizar alimentos sem lactose ou utilizar a lactase exógena junto aos alimentos lácteos normais”. “Mesmo nos casos de ausência de lactose, o máximo que poderá acontecer é uma diarreia pelo aumento da concentração da lactose no intestino, o que é muito desagradável e causa sofrimento, porem não é fatal”, completa.

Quando questionado sobre crianças com os dois tipos de problema em relação a lactose, José Jorge Abbud: “As crianças com alergia podem desenvolver momentaneamente intolerância a lactose em decorrência da inflamação intestinal causada pela alergia à proteína, o que causa momentaneamente redução da produção da lactase intestinal e por conseguinte intolerância a lactose passageira”.

Galeria de Fotos

Outras Notícias:

Copa do Rei

Barcelona vence o Alavés e conquista a Copa do Rei na despedida de Luís Enriqu

Não foi do jeito que o torcedor queria, mas o Barcelona fechou a temporada com um título. Neste s...

Maio Amarelo

Passeio do Maio Amarelo deve receber 500 ciclistas neste domingo

Quinhentos ciclistas são esperados no passeio de bike, realizado pela Transalvador, com apoio do Mo...

Conta de Luz

Conta de luz não terá taxa extra em junho

A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de junho será a verde, o que sig...

Mega Sena

Mega-Sena, concurso 1.934: ninguém acerta seis dezenas e prêmio vai a R$ 65 mi

Ninguém acertou as dezenas do sorteio 1.934 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (27), em...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: