Notícias

Postado em 22/09/2015 3:02

Acusado de participar de homicídio de PM é apresentado na DHPP

.

Share Button
Share Button

Acusado de participar do assassinato do policial Arisvaldo das Neves Santana, 47 anos, na noite de segunda-feira (21), Tawan da Silva Barbosa Tosta, 19, foi apresentado na manhã desta terça-feira (22) na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba. Segundo foi informado em coletiva pelo delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), o policial foi atingido por dois disparos [tórax e axila] após reagir a uma tentativa de assalto praticado por Antônio de Jesus Oliveira, 37.

O delegado negou que a vítima tenha sido identificada como policial, o que teria motivado os disparos. “Eles estavam ali para assaltar qualquer pessoa, mas o policial reagiu, não teve sorte e foi a óbito”, contou Odair Carneiro.

Ainda de acordo com as informações da polícia, Arisvaldo, a companheira e um sobrinho, todos alunos da Unijorge, foram abordados na passarela quando deixavam a faculdade, na Paralela. O policial era estudante de Administração. Outro estudante que também passava pelo local também foi alvejado, mas socorrido para o Hospital São Rafael.

Delegado Odair Carneiro e o comandante da Rondesp Central, Agnaldo Ceita

Após o assalto ser anunciado, Arisvaldo tentou reagir, foi baleado, mas conseguiu revidar com um tiro no peito do bandido. Antônio conseguiu fugir com a ajuda de Tawan, que o esperava em um ponto próximo à passarela em um veículo Gol.

Ferido, o autor do crime foi levado pelo comparsa para o bairro da Mata Escura, onde ambos residiam. Na localidade, a dupla pediu a ajuda a um vizinho, que levou o baleado ao Hospital Roberto Santos. A dupla mentiu para o vizinho alegando terem sido assaltados.

Ao registrar entrada no Roberto Santos, guarnições da PM foram informadas pela Central de Telecomunicações das Polícias (Centel), quem seguiram para a unidade. No hospital, os policiais militares abordaram o acusado que assumiu a autoria do crime. Antônio ainda revelou a identidade e o endereço do comparsa, que foi preso em casa, conforme detalhou o major da Polícia Militar, Agnaldo Ceita, comandante da Rondesp Central.

Desempregado há 9 meses, Antônio é ex-funcionário de uma loja de eletrodomésticos, enquanto que Tawan, há 6 meses trabalhava em um labortário de análises clínicas. Os dois foram autuados no crime de roubo qualificado e serão encaminhados ao sistema prisional.

Outras Notícias:

Periperi

Esgoto entupido há 15 dias gerou revolta e protesto em Periperi nesta Sexta(26)

Na manhã desta Sexta (26), moradores da Rua das pedrinhas localizada no Bairro de Periperi, próxim...

Protesto

Grupo protestaram contra empresa de ônibus em Coutos por falta de imagens de la

Um grupo formado por amigos e familiares do auxiliar industrial Alexandre de Jesus Silva, morto em u...

Agressão

Homem agride a própria mãe e acaba preso após vídeos vazarem na internet

Um homem identificado como Roberto Elísio Coutinho, flagrado em uma série de vídeos agredindo a p...

Pedágio

Isenção do pagamento de pedágio para idosos e pessoas com necessidades especi

Enquanto a população em geral sofre com o custo de vida cada dia mais elevado, os idosos e pessoas...

Comentários:

BUSCAR NO SITE: