Bahia

Postado em 09/07/2016 2:16

25 Animais que Você Não vai Acreditar que Existem!

.

Share Button
Share Button

1. Ocapi

O ocapi (ou girafa da floresta) é uma das duas espécies remanescentes da família Giraffidae, sendo a outra a girafa. Apesar de parecer metade zebra, biólogos garantem que as famílias não tem relação nenhuma. É nativo das florestas úmidas do nordeste da República Democrática do Congo, e era conhecido somente pelos habitantes locais até 1901. Por ser tão um animal tão desconhecido, a Sociedade de Criptozoologia decidiu adotá-lo como seu símbolo.

2. Caranguejo-aranha-gigante

caranguejo

O caranguejo-aranha-gigante é considerado o maior artrópode conhecido, chegando a atingir quatro metros de comprimento e um peso de até 20 kg. A espécie ocorre a grandes profundidades no Oceano Pacífico, sendo abundante nas águas do Japão.

3. Coelho de Angora

angora

O coelho de Angora é uma variedade do coelho doméstico criado por sua lã longa e macia. Ele é um dos tipos mais antigos de coelho doméstico, originário de Ankara (cujo antigo nome era Angora), na Turquia. Vale adicionar que é de lá que vem também a espécie de gato Angorá.

4. Diabo-espinhoso

diabo

O diabo espinhoso é a unica espécie do género Moloch. É um pequeno réptil existente na Austrália cuja dieta consiste somente em formigas.

5. Peixe-morcego de lábios vermelho

peixe-morcego

Peixe-morcego de lábios vermelho é um peixe de morfologia bastante incomum encontrado aos redores das Ilhas Galápagos em profundezas de 30 metros ou mais.

6. Peixe-gota

bolha

Psychrolutes marcidus, conhecido como peixe-gota ou blobfish é uma espécie de peixe que habita as águas profundas das costas da Austrália e Tasmânia, raramente sendo visto por seres humanos.

7. Estomatópode

estomatopoda

Estomatópode é o nome comum dado aos crustáceos marinhos classificados na sub-classe Hoplocarida, ordem Stomatopoda. Existem cerca de 400 espécies, caracterizadas principalmente pelo formato de suas garras, que lembram uma pata de louva-a-deus.

A mais famosa é também conhecida como “lagosta boxeadora”, pelo fato de possuir duas garras que se assemelham à luvas de boxe. Esta espécie de estomatópode possui o soco mais potente do reino animal, com uma aceleração comparável a de uma bala de revólver. Ela utiliza os socos para quebrar conchas de possíveis presas, como caranguejos-hermitões e outros moluscos.

8. Ave-do-paraíso

ave

Paradisaeini é uma tribo de aves passeriformes da família Paradisaeidae, com 14 géneros e cerca de 43 espécies das chamadas aves-do-paraíso. A característica mais marcante das aves-do-paraíso é a plumagem exuberante dos machos da maioria das espécies, utilizada como ornamento nos rituais de acasalamento. O grupo é típico da Australásia e está presente nas regiões tropicais do Norte da Austrália, Nova Guiné, Indonésia e Ilhas Molucas. As aves-do-paraíso habitam principalmente zonas de floresta tropical e manguezais.

9. Cegonha-bico-de-sapato

cegonha

A cegonha-bico-de-sapato é uma ave de bico grosso, grande, largo e comprido, que lhe confere a aparência de um cetáceo. Vive em regiões pantanosas localizadas no centro do continente africano. Alimenta-se, basicamente, de peixes e rãs.

10. Narval

narval

Narval é uma baleia dentada de tamanho médio e o animal com os maiores caninos. Vive durante todo o ano no Ártico. É uma das duas espécies vivas de baleias da família Monodontidae, junto com a baleia beluga, os machos narval são distinguidos por uma, e reta, presa longa helicoidal, na verdade, um canino superior esquerdo alongado.

11. Fossa

fossa

Fossa é um mamífero carnívoro da família Eupleridae . É encontrado na ilha de Madagascar, sendo o maior carnívoro mamífero da ilha. Sua aparência lembra a de um gato alongado, e sua cauda é quase tão comprida quanto o restante do corpo.

12. Mara

Patagonian mara (Dolichotis patagonum) at Reaseheath College Zoo

Patagonian mara (Dolichotis patagonum) at Reaseheath College Zoo

Mara é um mamífero sul-americano da família Caviidae. Apresenta grande porte, tendo quase o dobro do tamanho de uma lebre europeia adulta, chegando a pesar até oito quilos.

13. Tartaruga gigante de casco mole de Cantor

tartaruga-casco-mole

As tartarugas gigantes de casco mole de Cantor são encontrados em terra, movendo-se lentamente nas proximidades de rios. Esses bichos podem atingir mais de 2 metros e pesar mais de 50 kg.

14. Atretochoana eiselti

atretochoana eiselti

Atretochoana eiselti é uma espécie de anfíbio gimnofiono da família Typhlonectidae. Apenas cinco espécimes são conhecidos em coleções de museus. O holótipo provém da América do Sul, mas a localização específica é desconhecida. Os demais exemplares são provenientes do Brasil e, possivelmente, pode ocorrer também na Bolívia. A espécie é o maior tetrápode sem pulmões conhecido.

15. Bathynomus giganteus

bathynomus-giganteus

Bathynomus giganteus é uma espécie dos isópodos. Foi descoberta em 1879 pelo ornitologista e carcinologista francês Alphonse Milne-Edwards.
Acredita-se que o Bathynomus Giganteus seja uma das mais antigas espécies de nossos oceanos. É um isópode de águas profundas que se alimenta de restos, assemelhando-se a um grande tatuzinho.

16. Víbora-das-árvores

vibora

A víbora-das-árvores é uma cobra venenosa que pode ser encontrada na África ocidental e central. Atualmente não são reconhecidas subespécies. Cresce até um comprimento médio de 46–60 cm, com um máximo registado de pelo menos 78 cm. As fêmeas são geralmente maiores que os machos.

17. Umbonia Spinosa

umbonia

Estes insetos espinhosos estão relacionados com cigarras e usam seus bicos para furar hastes da planta para se alimentar em cima de sua seiva. Sua aparência estranha ainda apresenta muitas perguntas para os cientistas.

18. Golfinho-do-irrawaddy

golfinho

O golfinho-do-irrawaddy é um cetáceo encontrado em estuários e próximo à costa do Sudeste asiático.

19. Formiga-panda

formiga-panda

A formiga-panda (Euspinolia militaris) na verdade só parece com uma formiga peluda, porque ela é uma espécie de vespa sem asas. Ela também pode parecer inofensiva, mas tem um ferrão poderosíssimo que pode acabar com qualquer coisa que cruzar seu caminho.

20. Gazela-girafa

gazela

A gazela-girafa é um antílope encontrado em regiões áridas da África. Tal espécie possui pescoço muito longo e fino, que lembra o das girafas.

21. Hemicentetes semispinosus

porco-espinho

Hemicentetes semispinosus é uma espécie de mamífero da família Tenrecidae, endêmica de Madagáscar.

22. Saiga

saiga

A saiga é uma espécie de antílope que habita certas áreas da Ásia, principalmente o deserto de Gobi.

A característica que mais se faz notar na saiga é o seu nariz flexivel parecido com o do elefante que serve para aquecer o ar no inverno e impedir a inalação de poeiras e areias. A saiga mede de 0,6 a 0,8 metros até ao ombro e pesa entre 36 e 63 kg. Vivem de 6 a 10 anos. Os machos são maiores do que as fêmeas e só eles apresentam chifres. Geralmente um macho possui um harém de 5 a 50 fêmeas.

23. Mariposa venezuelana

mariposa

A mariposa venezuelana é possivelmente a mais nova espécie de mariposas, descoberta em 2009 pelo Dr. Arthur Anker.

24. Tubarão-duende

tubarao-duende2

O tubarão-duende é uma espécie que habita nas águas profundas, raramente é visto com vida.

Atinge até 4 metros de comprimento. Vive no fundo do mar, e já foi encontrado a 1200 metros de profundidade, no oeste do oceano Pacífico, no oeste do Índico e a leste e oeste do oceano Atlântico.

tubarao-duende

Pelo fato de viver em águas muito profundas, não se sabe muito sobre o tubarão-duende. Fêmeas grávidas nunca foram encontradas, então não se sabe nada sobre o processo de reprodução animal. Também por viver em profundidade, não é um animal que esteja sujeito à extinção pela influência humana.

25. Pacu

pacu

Pacu é o nome geral dado a várias espécies de peixes caracídeos da subfamília Serrasalminae, que também inclui as piranhas. São típicos do pantanal sul-matogrossense, dos rios amazônicos e bacia do Prata, e originários dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai.

Alimenta-se de frutos, caranguejos e de detritos orgânicos encontrados na água. Atinge 25 kg de peso, comum até 8 kg. São praticadas duas formas diferentes de pesca: na vara de bambu, fisgada com frutos (tucum, laranjinha ou jenipapo) ou pesca apoitada com isca de caranguejo.

 

Outras Notícias:

DRFR

Acusado de estuprar 18 garotas de programa em Salvador é preso

Foi preso na noite desta quinta-feira (23), Rafael de Lima Silva, acusado de estuprar 18 prostitutas...

IPVA

Donos de veículos com placa de final 2 têm até dia 28 para pagar IPVA com 5%

    Vence na próxima terça-feira (28) o prazo para os proprietários de veícu...

Arte

Obras estudantis são expostas na Assembleia Legislativa e revelam os encantos d

A ambiência sertaneja – conduzida por paisagens, símbolos e tipos sociais – é representada em...

Base Naval de Aratu

Campeonato Baiano de Stand Up Paddle movimenta a praia de Inema

Mais um grande evento de esporte vai integrar a programação do Festival da Cidade 2017, promov...

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR NO SITE:

CLIQUE NO X PARA FECHAR